Bahia pode receber proposta oficial do Grupo City nesta semana

O próximos dias podem ser decisivos para a transformação do clube.

Getty Images

Há algumas semanas, o torcedor tricolor vem recebendo informações de todos os tipos sobre a possibilidade do Esporte Clube Bahia se tornar um clube-empresa, mas até aqui, o que se sabe, é que existe uma negociação entre o Grupo City, e o Tricolor Baiano. Inclusive, o presidente Guilherme Bellintani viajou recentemente para Manchester-ING para tratar o assunto pessoalmente e aproveitou para assistir a um jogo do Manchester City, clube que pertence ao poderoso grupo criado pelo sheik Mansour Bin Zayed Al Nahyan.

 

Nos últimos dias, surgiram notícias a respeito de profissionais que podem vir a trabalhar no Esporte Clube Bahia, caso o projeto de SAF (Sociedade Anônima do Futebol) seja concretizado. Um deles é  João Paulo Sampaio, que comanda a base do Palmeiras desde 2015, e foi sondado pelo Grupo City para ser o coordenador de base do Esquadrão. Quem também foi consultado foi Rui Costa, diretor executivo de futebol do São Paulo. Ele seria uma espécie de CEO de negócios do “Bahia City”.

O próximos dias podem ser decisivos para a transformação do clube. Segundo apuração do site ESPN, o Esporte Clube Bahia aguarda o recebimento da documentação oficial com a proposta do Grupo City para esta semana. Ainda segundo a matéria, a previsão de investimento é de R$ 650 milhões. O grande intuito da equipe foi “blindar” parte do dinheiro que chegará através dos investidores na SAF. Para isso, os tricolores trabalharam nos bastidores na negociação de prazos e formas de pagamentos de suas principais dívidas, avaliadas em R$ 250 milhões.

A reportagem destaca ainda que a organização para o pagamento das dívidas não foi uma exigência do Grupo City ao Bahia. Até o momento, as partes têm tido uma negociação bastante amigável e estão na mesma linha de raciocínio para o futuro: a montagem de um time forte em campo para a conquista de títulos e representatividade no âmbito nacional. O clube terá um prazo de cerca de 90 dias para a análise da proposta oficial. Depois da aprovação no Conselho Deliberativo, os sócios-torcedores vão debater, analisar e votar.

Ao todo, o Grupo City conta com 11 clubes, encabeçado pelo time de Manchester City. Os demais são: Bolívar, da Bolívia; Troyes, da França; Lommel SK, da Bélgica; Mumbai City, da Índia; Sichuan Jiuniu, da China; Girona, da Espanha; Montevideo City Torque, do Uruguai; Yokohama F. Marinos, do Japão; Melbourne City, da Austrália; e New York City, dos Estados Unidos.

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Novo treinador: Vitória chega a um acordo com Fabiano Soares

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*