Ronaldo destaca falta de cooperação de clubes em função de formação da Liga brasileira

Responsável pela gestão da Raposa, ex-atacante levanta hipótese de fortalecimento do futebol brasileiro com união dos clubes nacionais

Quality Sport Images/Getty Images

Situado na 10ª posição da Série B do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro está a um ponto do Sport, que abre o G-4. Ainda no início do torneio, a diretoria da Raposa ambiciona o retorno à elite do futebol nacional. Um dos projetos do gestor celeste, Ronaldo Fenômeno, é organizar o desporto brasileiro mediante uma Liga organizada pelos clubes. Contudo, o ex-atacante comentou que existem, no mínimo, dois grupos de equipes, que sequer chegaram a um consenso no atual momento.

 

“Hoje essa movimentação parece estar bem dividida, com dois, até três grupos, querendo projetos diferentes. Se continuar assim vai ser muito difícil que a gente chegue em um consenso e evolua nas negociações. Quero pedir mais uma vez para que sentemos e discutamos as possibilidades abertamente, para a gente chegar em um consenso”, revelou o gestor celeste em live.

Ronaldo também ressaltou que os representantes do futebol nacional precisam se fortalecer para formarem um único grupo e fazerem transações de contratos mais eficientes.

“Os clubes brasileiros tem que mostrar uma união para que possamos evoluir nesse sentido da liga. Ela vai trazer inúmeros benefícios para o futebol brasileiro. Vai padronizar muitas coisas, vai aumentar as receitas de todos os clubes e vai melhorar muito a qualidade de transmissão e a imagem do futebol brasileiro.”

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Bahia pode receber proposta oficial do Grupo City nesta semana

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*