Pela 1ª vez na história, Baianão terá apenas times do interior na semifinal

pela primeira vez na história, o Campeonato Baiano não terá Bahia e Vitória no mata-mata

Hilton Oliveira/E.C. Jacuipense

Na noite de ontem (16), o Campeonato Baiano chegou ao final da primeira fase com cinco jogos todos no mesmo horário. A briga contra o rebaixamento foi acirrada até a última rodada, e a Juazeirense, apesar de ter entrado na última rodada como lanterna, conseguiu se salvar vencendo o Unirb por 2 a 0 no Estádio Adauto Moraes, e contando com tropeço do Vitória da Conquista que foi derrotado pelo Bahia por 3 a 0 na Fonte Nova. O Bode foi rebaixado pela primeira vez na competição estadual, se juntando ao Unirb que também acabou caindo. Doce Mel, apesar da derrota para o Barcelona de Ilhéus, conseguiu escapar pelo saldo de gols.

 

Na parte de cima da tabela, três times chegaram na última rodada já classificados: Jacuipense, Atlético de Alagoinhas e Bahia de Feira. A última vaga foi disputada entre Barcelona de Ilhéus, Vitória e Bahia. O time de Ilhéus dependia apenas de si para avançar e fez sua parte vencendo o Doce Mel por 2 a 1 no Estádio Barbosão, em Cruz das Almas. Com isso, a dupla Ba-Vi está fora do mata-mata em 2022.

Desta forma, pela primeira vez na história, o Campeonato Baiano não terá Bahia e Vitória no mata-mata. Desde quando o Esquadrão foi fundado, em 1931, esse fato nunca aconteceu. Outro fato inédito é a presença de quatro times do interior nas semifinais.

No ano passado, tivemos três times do interior, além do Bahia, e o Atlético de Alagoinhas sagrou-se campeão. Esse ano, teremos uma verdadeira festa do interior, com o novato Barcelona de Ilhéus enfrentando o líder Jacuipense, enquanto o vice-líder Atlético de Alagoinhas encara o 3º colocado Bahia de Feira.

Deixe seu comentário!