Bahia tenta evitar novo vexame, mas precisa de combinação para avançar no Nordestão

Neste sábado (16), o Bahia enfrenta o Sergipe, às 17h45, na Arena Bastitão

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia iniciou a temporada 2022 da mesma forma que terminou a de 2021: dando vexame. Com o rebaixamento para Série B do Brasileiro, a diretoria tricolor foi obrigada a encerrar o elenco sub-23 e disputar o Campeonato Baiano com o time principal (com exceção dos dois primeiros jogos). Ainda assim, acabou amargando a eliminação na primeira fase do Estadual, o que não acontecia desde 2003. O Esquadrão terminou na 6ª colocação, com 12 pontos. Jacuipense, Atlético de Alagoinhas, Bahia de Feira e Barcelona de Ilhéus se classificaram, primeira vez que teremos só equipes do interior no mata-mata do Baianão.

 

Neste sábado (16), o Bahia tem mais um jogo decisivo e novamente entra em campo precisando de uma combinação de resultados para evitar mais um vexame na temporada. Atual campeão da Copa do Nordeste, o Esquadrão ocupa a 5ª colocação do Grupo B e enfrenta na última rodada o já eliminado Sergipe, às 17h45, no Estádio Estadual Lourival Baptista (Arena Batistão), em Aracaju. Para se classificar, o Tricolor precisa vencer e torcer por um tropeço do Náutico (que encara o Globo-RN) ou do Botafogo-PB (que pega o Sampaio Corrêa).

A última vez que o Bahia caiu na primeira fase da Copa do Nordeste foi em 2019, no segundo ano da gestão Guilherme Bellintani. O Tricolor chegou na última rodada precisando vencer o Sampaio Corrêa e torcer por um tropeço do Náutico diante do Vitória para se classificar.

O Timbu ficou apenas no empate por 1 a 1, ou seja, bastava o Esquadrão vencer o já eliminado Sampaio para ficar com a vaga no G-4, porém, com um gol do meio do campo em vacilo do goleiro Anderson, o Bahia perdeu por 1 a 0 e acabou eliminado. Em 2020, chegou na final e foi vice-campeão para o Ceará, enquanto no ano passado, reencontrou o Ceará e conquistou o título.

Quem apita o duelo é o árbitro  Leonilson Fernandes Trigueiro Filho, do Rio Grande do Norte, que será auxiliado por Vinicius Melo de Lima e George Italo Antas Nogueira. O quarto árbitro será Michael Vinicius Santos Freitas, de Sergipe, enquanto Ivaney Alves de Lima ficará como analista de campo.

JOGOS DA 8ª RODADA DO NORDESTÃO

SÁBADO, 19/03 (17h45)
Fortaleza x CRB
Sport x Floresta
Sergipe x Bahia
Sampaio Corrêa x Botafogo-PB
Campinense x Ceará
Globo-RN x Náutico
Atlético-BA x Sousa-PB
CSA x Altos

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*