Bahia realiza alterações nas comissões técnicas do sub-20 e sub-15

Reinan Kaique, que estava na função de auxiliar técnico da categoria sub-17, agora é o novo treinador da equipe sub-15

Foto: Rafael Machaddo / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia anunciou nesta terça-feira que realizou alterações nas comissões técnicas dos times sub-20 e sub-15. Reinan Kaique, que estava na função de auxiliar técnico da categoria sub-17, agora é o novo treinador da equipe sub-15. Reinan vai ocupar o cargo que era de Jeanderson Santana, que agora assume a vaga de auxiliar técnico da categoria sub-20. O coordenador técnico das Divisões de Base tricolor, Milton Costa, explicou esses remanejamentos internos.

 

“Jeanderson era auxiliar do sub-20 no primeiro semestre de 2021, depois assumiu o sub-15. Com as mudanças que ocorreram no clube no final do ano, ele também viajou como auxiliar do sub-20 na Copa São Paulo. É um profissional que agrega muito como auxiliar em uma categoria mais velha, além de gostar dessa função. Com a vaga em aberto no sub-15, não tivemos dúvidas em efetivar o Reinan na categoria sub-15 como treinador. Ele estava como auxiliar do sub-17, e em paralelo a isso comandando como treinador do sub-16. As categorias não são completamente separadas, mas em alguns momentos a gente separa, tem jogos e tudo mais… Então ele já vinha desde o ano passado à frente de uma categoria sub-16 e sempre mostrou muita perspectiva de assumir uma categoria efetivamente no clube. Então, essa foi a oportunidade que apareceu e não tivemos dúvida de colocá-lo como treinador principal do sub-15”, detalhou Milton.

Natural de Conceição do Coité-BA, Reinan Kaique Santos tem 27 anos, é formado em Educação Física e possui diversas certificações na área do esporte e futebol. Com passagens por clubes e projetos, como FSA Esporte Clube, Astro e Fluminense de Feira, o profissional chegou ao Tricolor no ano de 2020 e já atuou como auxiliar das três principais categorias de base do clube, inclusive participando da comissão que chegou à final da Copa do Brasil sub-20, em 2020, e ao título do Campeonato Baiano sub-17, em 2021.

“Acredito que estou pronto para assumir esse desafio com a categoria sub-15. Categoria essa que já vem fazendo um grande trabalho no clube com outros professores. Então, a ideia é que a gente consiga reforçar isso, formar uma equipe competitiva, não só no cenário baiano, mas no cenário nacional, para que a gente possa representar o Bahia do tamanho da sua grandiosidade. É uma equipe com tamanha história que deve estar sempre brigando por títulos no cenário nacional e internacional. Que a gente consiga no dia a dia, a partir de muito trabalho, fazer com que os atletas honrem o Esquadrão de Aço e que a gente possa ter um ano de grandes triunfos”, afirmou Reinan sobre seu novo desafio.

Por sua vez, Jeanderson Santana também falou sobre essa oportunidade de voltar à função de auxiliar técnico da categoria sub-20, após um período comandando os garotos do Infantil.

“Esse retorno à categoria sub-20 enquanto auxiliar me gera um sentimento de alegria. Alegria por estar nesse ambiente, pelos grandes desafios que esse ambiente nos traz, mas também ciente das responsabilidades. Responsabilidade essa que é grande é importante. É uma categoria pilar dentro das divisões de base do clube, mas também ciente daquilo que eu posso entregar dentro da função. Entregar no envolvimento junto à comissão, no desenvolvimento e formação dos atletas… Isso gera também um sentimento de muita segurança para tocar da melhor forma o trabalho. Eu não tenho dúvida de que será um grande ano junto com todos que fazem parte desse grande trabalho”, declarou o profissional.

 

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Bahia e outros três times da Série B disputam contratação de João Diogo

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*