Gilson Presídio tenta impugnar candidatura de Paulo Carneiro no Vitória

Presídio alega que PC não cumpre a exigência estatutária

A comissão Eleitoral do Vitória deferiu a candidatura de Paulo Carneiro à presidência do clube, no entanto, Gilson Presídio, da chapa “Vitória-Campeão Nacional em 2020”, ainda tenta impedir que o ex-mandatário e nome forte dentro do clube, participe das eleições marcadas para o dia 24 de abril. Presídio entrou com um pedido de impugnação da candidatura de Paulo Carneiro, que encabeça a chapa “Vitória Gigante, Unido e Forte”.

A solicitação foi entregue nesta sexta-feira ao presidente do Conselho Deliberativo do Vitória, Robinson Almeida, que também é deputado federal pelo PT. Presídio alega que Paulo Carneiro não cumpre a exigência estatutária de ser sócio do clube há, no mínimo, 36 meses, e que a inscrição não poderia ser aceita pela Comissão Eleitoral, já que que o ex-presidente “aparece na lista de sócios aptos a votar com apenas 24 meses de Sócio-Bronze”.

Lembrando que Paulo Carneiro conseguiu uma liminar na justiça para retornar ao Conselho Deliberativo do Vitória. No entanto, ainda pode ter sua candidatura indeferida. Segundo o deputado Robinson Almeida, presidente do Conselho Deliberativo, a inscrição foi aceita com ressalva e a comissão irá receber o pedido e notificar a defesa. Até a próxima segunda-feira (15) teremos uma definição do caso.

 

Deixe seu comentário

1 Comentário

  1. PC NUNCA MAIS NO VITÓRIA
    SÓCIOS E TORCEDORES LEMBREM-SE DE TODAS AS MERDAS QUE FEZ. DEIXOU O CLUBE NA SÉRIE C, FALIDO, NA LAMA, NO BURACO, FOI PARA A SARDINHA E AINDA QUERIA 10 MILHÕES.
    ESSE CARA SÓ QUER O EMPREGO E OUTRAS COISAS MAIS. SOUBE QUE ESTÁ FALIDO.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*