Com Vitor Jacaré, Bahia vai em busca de uma nova ‘presa’ na Série B

A partida é válida pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Foto: Felipe Oliveira/ECB

Depois da estreia em grande estilo, vencendo o Cruzeiro por 2 a 0 na Arena Fonte Nova, Esporte Clube Bahia volta a campo neste feriado de sexta-feira para o segundo compromisso no Campeonato Brasileiro da Série B. O adversário será o Náutico, que estreou perdendo para o Londrina por 2 a 0 no Estádio do Café, resultado que culminou com a demissão do treinador Felipe Conceição. A partida acontece às 21h30, no Estádio dos Aflitos. Sem Hugo Rodallega, o Tricolor conta com o reforço de Vitor Jacaré, a esperança de gols do time. O atacante, recém-contratado a pedido de Guto Ferreira, estreou marcando dois gols contra a Raposa, e agora vai em busca de uma nova presa.

 

Hugo Rodallega sofreu um estiramento muscular na coxa direita e deu sequência ao processo de recuperação. Sem novidade, quem entra no time é Vitor Jacaré. Outra baixa para o jogo é o meia Lucas Mugni, que se recuperando de lesão e trabalhou na academia e no campo com a equipe de Fisioterapia. Além disso, Matheus Davó sentiu desconforto muscular e foi vetado pelo departamento médico do Bahia.

Com a demissão de Felipe Conceição, o time pernambucano será comandado interinamente pelo assistente técnico Dudu Capixaba, que fará mudanças na equipe e deve promover duas estreias: o lateral-direito Victor Ferraz, com passagens por Grêmio e Santos, e o zagueiro Bruno Bispo, ex-Vitória. O lateral-esquerdo Ailton Silva, o volante Mateus Nascimento e os atacantes Niltinho e Luís Phelipe foram regularizados, mas devem ficar ou como opção no banco.

Quem apita o duelo entre Náutico e Bahia é o árbitro Rodrigo Batista Raposo, do Distrito Federal. Ele será auxiliado por Lucas Costa Modesto e Leila Naiara Moreira da Cruz, do mesmo estado. Cesar Pereira Leite será o quarto árbitro, enquanto Sebastião Rufino Ribeiro Filho ficará como analista de campo. No árbitro de vídeo, o responsável será  Pathrice Wallace Corrêa Maia, do Rio de Janeiro, auxiliado por Silbert Faria Sisquim e Erich Bandeira.

A rodada foi iniciada na terça-feira, com dois jogos. Após empatar com o Vasco da Gama por 1 a 1 na estreia, no em São Januário, o Vila Nova ficou apenas no empate em 0 a 0 com o Novorizontino, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga. Já o Cruzeiro se recuperou da derrota para o Bahia, por 2 a 0, na Arena Fonte Nova, e derrotou o Brusque, por 1 a 0, no Estádio do Mineirão. Nesta quinta-feira, o Criciúma conquistou a primeira vitória na competição aplicando 1 a 0 no Londrina atuando no Estádio Heriberto Hulse.

JOGOS DA 2ª RODADA DA SÉRIE B

TERÇA, 12/04
19h00 – Vila Nova 0 x 0 Novorizontino
21h30 – Cruzeiro 1 x 0 Brusque

QUINTA, 14/04
20h00 – Criciúma 1 x 0 Londrina

SEXTA, 15/04
19h00 – Grêmio x Chapecoense
21h30 – Náutico x Bahia

SÁBADO, 16/04
11h00 – Operário x Ponte Preta
16h00 – Ituano x CSA
16h30 – Sampaio Corrêa x Tombense
18h30 – Guarani x Sport
19h00 – CRB x Vasco

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário