Bellintani está em Manchester para negociar SAF do Bahia com o Grupo City

Próximos passos da aplicação da SAF integram elaboração de parecer para votação pelo Conselho Deliberativo e votação do projeto por parte dos sócios

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia/Divulgação

A três dias da estreia na Série B do Campeonato Brasileiro, o Esporte Clube Bahia tem as atenções da diretoria voltadas para a condição da implantação da Sociedade Anônima do Futebol (SAF). Conforme divulgado pelo comentarista Cascio Cardoso, da TV Aratu, o presidente do Esquadrão de Aço, Guilherme Bellintani, embarcou para Manchester, na Inglaterra, a fim de conversar com o Grupo City, principal interessado na compra do Tricolor.

 

Segundo informação divulgada pelo jornalista Matheus Barbaço, no seu canal ‘Sou mais Bahia’, a aporte inicial do Grupo City ao Bahia deve ser de R$ 250 milhões. Porém, o valor total da proposta pode passar de R$ 1 bilhão.

A intenção do cartola é garantir mais assertividade para o negócio ter um desfecho positivo. Vale ressaltar que existem outros clubes interessados na aplicação financeira do conglomerado dos Emirados Árabes. Os próximos passos da SAF acumula algumas etapas importantes, caso o negócio seja confirmado.

Após a apresentação do projeto para a comissão específica da SAF, que pode ocorrer nas próximas semanas, a comissão vai encorpar um parecer que será votado pelo Conselho Deliberativo. Posteriormente, os sócios ganham a responsabilidade de assumirem a votação do projeto.

Deixe seu comentário!

2 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*