Venda de Yago ao Fluminense rendeu ao Vitória pequena remuneração

A informação foi dada pelo presidente Paulo Carneiro no sábado

Foto: Tiago Caldas/EC Vitória

Na última sexta-feira (17), além do lateral-esquerdo Egídio, o Fluminense oficializou a contratação do meia Yago Felipe, que pertencia ao Esporte Clube Vitória e defende o Goiás na temporada 2019 por empréstimo. O Esmeraldino, inclusive, tentou manter o jogador, mas diante do interesse do clube carioca, acabou desistindo. O meio-campista rescindiu com o Leão e assinou por dois anos com o Tricolor das Laranjeiras. Sem citar os valores da negociação, o presidente Paulo Carneiro em entrevista coletiva no último sábado (18), revelou que o clube recebeu uma “pequena remuneração” pela negociação do jogador que tinha contrato até o final de 2020 com o clube baiano e poderia assinar um pré-contrato na metade do ano.

 

“Foi feito acordo com pequena remuneração. Retiramos da folha do Vitória. A gente sente quando o jogador encerrou clico. Nesse momento, ele segue a vida dele”, disse o mandatário rubro-negro, em entrevista coletiva no último sábado, antes do jogo-treino contra o Bahia de Feira.

Com passagens pelas bases de Flamengo, Espanyol, Botafogo no início da carreira, Yago se destacou pelo Figueirense. No time catarinense, atuou de 2012 até 2017, quando acertou com o Vitória. Em 2017, marcou 4 gols em 28 partidas. Em 2018, foram 47 jogos e 9 gols, chegando a ser cogitado no Flamengo. Em 2019, atuou 14 vezes e marcou 2 gols, antes de ser emprestado ao Goiás, onde atuou 30 jogos e marcou 2 gols. Ao todo pelo Vitória, o meia disputou 89 partidas e marcou 15 gols. No Brasileirão, Yago foi titular do time comandado por Ney Franco e disputou 30 jogos, marcou dois gols e deu duas assistências.

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Venda de Yago ao Fluminense rendeu ao Vitória 'pequena… | O Povo de Sepetiba

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*