João Burse valoriza semana de trabalho e comenta chegada de reforços

Treinador do Vitória estreou com um empate sem gols diante do Altos-PI, na 12ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro

Foto: Divulgação/Vitória

O retorno de João Burse ao Esporte Clube Vitória começou com um empate sem gols fora de casa contra o Altos-PI. De técnico das categorias de base ao time principal, ele tem o desafio de, a princípio, selar a permanência da equipe na Série C. Para alcançar esse objetivo, o treinador analisa com boas perspectivas a movimentação do clube na janela de transferências.

 

“Estamos, sim, sempre abertos a reforços. O Vitória está sempre atento. Sim, tenho acompanhado [a busca por reforços]. Tem atletas que já trabalharam comigo. No caso do Honório (Gabriel Honório), não trabalhou comigo, mas me enfrentou no Campeonato Paranaense. Meia construtor, de ligação, tem um bom passe, competitivo, então todos os atletas que chegam para somar serão importantes nessa caminhada”, explicou o comandante rubro-negro.

Apesar da possível saída do diretor de futebol, Rodrigo Pastana, para o Guarani, que disputa a Segundona, a diretoria do Leão da Barra fechou acordos com três atletas. Além do meia-atacante Gabriel Honório, o lateral-esquerdo Thalysson está de volta ao clube após cinco anos, e o atacante Jarro Pedroso.

Dos três novos reforços, apenas o meia já treinou com os demais jogadores no CT do clube. Caso seja regularizado até esta sexta-feira (1°), Gabriel Honório vira opção para Burse. Para o treinador, de 40 anos de idade, a semana de trabalho, além do reforço, pode ser transformado em condições positivas para sair com os três pontos.

“Nós fizemos o primeiro jogo contra o Altos, tivemos uma semana de preparação. E o jogo nos dá respostas que a gente ajusta na semana posterior, e foi o que eu fiz. Tivemos essa segunda semana de trabalho para ver o que funcionou, o que não funcionou. Atletas que deram resposta ou que não deram. Mas é um grupo trabalhador, que gosta de trabalhar, que se dedica e se incomoda bastante com a situação que vivemos. Então, a gente espera fazer um grande jogo, junto do nosso torcedor, que vai ser muito importante para nós”, avaliou.

Vitória e Figueirense disputam o duelo pela 13ª rodada neste sábado (02), às 19h, no Barradão.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*