Fábio Mora revela que Vitória deve sofrer nova punição da FIFA

“É uma punição que a gente sabe que vai chegar. Já está definida”, disse.

Foto: German Maldonado/TV Bahia

Por conta de uma dívida pela contratação do atacante argentino Walter Bou junto ao Boca Juniors, que resultou em uma punição da FIFA, o Esporte Clube Vitória precisou correr contra o tempo para reforçar o elenco visando a temporada 2022. O clube conseguiu quitar o débito e se livrar da punição, mas agora pode voltar a ficar impedido de contratar, desta vez, devido a uma dívida pela contratação de Jordy Caicedo, em 2019. Em entrevista coletiva concedida na manhã desta quarta-feira, o presidente do Vitória, Fábio Mota, revelou que o clube não conseguiu pagar o que devia ao Universidad Católica e que deve sofrer punição na próxima janela, que abre no dia 18 de julho.

 

“É uma punição que a gente sabe que vai chegar. Já está definida. A punição do Universad Católica, pelo fato que o Vitória não ter pagado ao clube o passe do Jordy Caicedo. Nós conseguimos resolver a do jogador, parcelamos o débito com o jogador. Evitamos essa. Mas a outra a gente não conseguiu evitar, porque a gente não tem o numerário que está sendo cobrado pelo clube. Isso é uma coisa que a gente está pensando em como vai buscar o recurso. E é um problema a partir da próxima janela, que vai precisar ser resolvido”, explicou.

O Vitória já sofreu duas punições pelo mesmo motivo. Em dezembro de 2020, foi penalizado pela Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que atendeu a reclamações de outras equipes brasileiras. No final do ano passado, a Fifa entrou em ação e impediu o registro de novos atletas, devido à dívida do clube baiano com o Boca Juniors pela contratação do atacante Walter Bou. Em meados de março, o Rubro-Negro conseguiu regularizar a dívida e voltou ao mercado.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

  1. palhaçada. todos os times br tem dividas, como flamengo, atletico mineiro e tal. Nenhum foi proibido de contratar novos… impressionante…

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*