Após retorno de David, Vitória aciona Fifa por transação com o Metalist

Atacante chegou a ser vendido para o clube ucraniano, no entanto, retornou para Salvador, depois do início da guerra entre Rússia e Ucrânia

Foto Destaque: Letícia Martins/Divulgação/EC Vitória

Anunciado como negociado em fevereiro deste ano, o atacante David voltou a estaca zero. Vendido ao Metalist, da Ucrânia, o polivalente jogador, de 22 anos, retornou a Salvador, após a invasão da Rússia à Ucrânia. Dessa maneira, ele está com o futuro indefinido, mesmo depois de integrar o elenco que fazia pré-temporada na Turquia.

 

Nesse sentido, o Leão da Barra, que enviou um ofício ao Metalist na última semana, acionou a Federação Internacional de Futebol (Fifa). Agora, o clube aguarda a resolução do caso para resolver a situação do jogador, que ainda possui vínculo contratual com o Vitória, mas não tem treinado no Barradão.

Revelado pelo Vitória em 2021, David foi vendido por 1,2 milhão de euros (aproximadamente R$ 7,250 milhões). No entanto, o atacante viveu momentos de tensão antes de sair do clube, visto que ficou sem treinar com o grupo após a rejeição das primeiras propostas

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*