Vitória recusa proposta de clube ucraniano pelo atacante David

O rubro-negro baiano é detentor de 83% desses direitos.

Foto Destaque: Letícia Martins/Divulgação/EC Vitória

Com a necessidade de fazer caixa diante da queda de receitas após a queda para a Série C e pela ausência na Copa do Nordeste, o Esporte Clube Vitória decidiu negociar alguns jogadores do elenco. Um deles o atacante Samuel, que foi vendido ao Oita Trinita, do Japão, por 500 mil dólares, cerca de R$ 2,8 milhões na cotação atual, por 51% dos direitos econômicos. Outro prata da casa que pode deixar o clube é o atacante David, que está na mira do Metalist, da Ucrânia, mas a primeira investida foi recusada pelo Leão, segundo informação do Canal do Dinâmico.

 

Segundo apuração do portal Arena Rubro-Negra, a proposta do Metalist foi de R$ 6 milhões por 100% dos direitos econômicos do atacante. Como o Leão tem 83% do passe, ficaria com com R$ 4,2 milhões, porém, teria que ceder 10% do valor que tem direito como comissão pela transação e no fim das contas, receberia somente por 73% do passe do atleta. O Jacuipense detém 10%, enquanto os outros 7% pertencem ao empresário.

Além do valor abaixo do que era esperado pelo Vitória, o Metalist queria parcelar o valor em duas vezes, sendo metade agora e a outra em janeiro de 2023.

Natural de Salvador (BA), David da Hora da Conceição passou por várias categorias de base do Esporte Clube Vitória e após se destacar em 2020 na Copa Sao Paulo de Futebol Júnior e Brasileiro Sub-20, foi promovido ao elenco principal. Em 2021, foi titular em quase toda a temporada, disputando 59 jogos, com 11 gols marcados e 5 assistências, terminando o ano em alta apesar do rebaixamento à Série C.

Deixe seu comentário!