Morre Nadinho, goleiro campeão brasileiro pelo Bahia em 1959

Bahia manifesta solidariedade aos familiares e amigos de Leonardo Conceição Cardoso, o ídolo Nadinho

Faleceu nesta quinta-feira (20) Leonardo Conceição Cardoso, mais conhecido como Nadinho, um dos maiores ídolos da história do Esporte Clube Bahia. Primero goleiro campeão brasileiro de futebol, pelo Esquadrão de 1959, ele sofreu uma parada cardiorrespiratória em decorrência da Covid-19 e acabou nos deixando aos 91 anos, em Salvador. Nos últimos tempos, vinha morando em um abrigo para idosos, já debilitado, e diagnosticado com Mal de Alzheimer.

A diretoria do Esporte Clube Bahia manifestou solidariedade aos familiares e amigos do ídolo Nadinho. O clube informou que entrou em contato com um de seus dois filhos, Lúcio, prestou todas as condolências e providenciará uma bandeira para o sepultamento, nesta sexta-feira (21), em Alagoinhas, cidade natal. Ele deixa a esposa Tereza, os dois filhos (Lúcio e Leonardo) e também dois netos.

Nadinho era um dos dois heróis ainda vivos do elenco que conquistou o país contra o Santos de Pelé, junto com o ex-zagueiro Henricão. Ao todo, disputou 421 jogos pelo clube – em 177 deles não sofreu gols – ao longo de nada menos que 12 temporadas. Conquistou seis títulos baianos e é o goleiro com mais partidas na história azul, vermelha e branca.

Ainda jovem, iniciou sua coleção de glórias com o primeiro troféu da história da Fonte Nova, no time reserva, ao vencer o Torneio Otávio Mangabeira, em 1951, enquanto a equipe titular estava em excursão. Depois defendeu o Esquadrão de 58 a 68. Em 2011, marcou inesquecível presença em cenas do filme ‘Bahêa Minha Vida’. Em 2020, recebeu do Conselho Deliberativo do Bahia o Diploma do Mérito Esportivo.

 

Deixe seu comentário!

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Newton Mota: "Análise de desempenho não entende de divisão de base"
  2. Vitória recusa proposta de clube ucraniano pelo atacante David

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*