Ex-Bahia e São Paulo, Régis Souza deixa o ASA para jogar no exterior

No último domingo, contra o Dínamo, o lateral não foi relacionado para a partida no Municipal de Arapiraca.

Foto: William Rocha/Ascom ASA

Com passagens por Bahia, São Paulo e CSA, o lateral-direito Régis Souza chegou ao ASA como um “reforço de peso” para a temporada 2022 e chegou a balançar a rede na goleada contra o CEO, por 6 a 0, na estreia da Copa Alagoas. No entanto, após dois amistosos e um jogo oficial com a camisa alvinegra, o jogador recebeu uma proposta do exterior e não faz mais parte do elenco. No último domingo, contra o Dínamo, o lateral não foi relacionado para a partida no Municipal de Arapiraca.

 

“Ele recebeu uma proposta do exterior. O empresário falou comigo, e a gente resolveu liberar. Até porque o valor que ele vai receber é superior ao que ele recebe aqui no ASA. Ele já foi liberado e agora é só resolver trâmites internos”, explicou o presidente do clube, Higor Rafael.

Natural de Brasília, Régis Ribeiro de Souza surgiu no Legião e acumula passagens por CFZ-DF, Goiás, Guaratinguetá, São Bernardo, Marcílio Dias, Paysandu, Ponte Preta, Bahia, Portuguesa, Botafogo, Capivariano, Red Bull Brasil, Luverdense, Guarani, São Bento, São Paulo, CSA, Juventus Jaraguá, Gama, União Cacoalense, Fast Clube, Sampaio Corrêa-RJ, Volta Redonda, Paranoá e ASA.

Régis Souza foi contratado pelo Bahia por indicação do técnico Jorginho, com quem havia trabalhado na Ponte Preta, em 2013. Ele chegou ao Esquadrão em 2017, para suprir a carência de opções na lateral direita. Porém, fez apenas dois jogos e acabou dispensado em agosto de 2017. Após deixar o Tricolor, passou pelo São Bento antes de chegar ao São Paulo em 2018, mas por conta dos problemas extracampo, foi dispensado.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário