Vitória teve 50% do elenco de 2021 formado por jogadores da base

Entre os jogadores oriundos da base rubro-negra, Gabriel Santiago, Mateus Moraes, Pedrinho, Eduardo, Lucas Arcanjo e David foram destaques na temporada

Foto: Divulgação/EC Vitória

Reconhecido nacionalmente pelo poderio oriundo das categorias de base, o Esporte Clube Vitória apostou na utilização de vários jovens jogadores na temporada 2021. Apesar do rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro, a torcida rubro-negra viu alguns atletas da Fábrica de Talentos da agremiação desempenharam um bom desempenho. Com destaque para Lucas Arcanjo e David, o Leão utilizou 22 jogadores formados em casa neste ano.

 

Antes de mais nada, o número se aproxima de 50% do elenco total que esteve concentrado durante as campanhas do Campeonato Baiano, da Copa do Nordeste, da Copa do Brasil e da Série B. Entre os “dois times” completos de jogadores da base, sete pisaram em campo pelo time profissional de forma inédita. Além de David, os laterais Pedrinho e Edi Carlos, os atacantes Alisson Santos e Hítalo, o zagueiro Marco Antônio e o goleiro Cabral estrearam no profissional em 2021.

Uma das principais peças do time do técnico Wagner Lopes na temporada, o atacante David terminou o ano com mais participações, isto é, 3.717 minutos jogadores. Por outro lado, somente Lucas Arcanjo e Wallace somaram mais tempo dentro das quatro linhas: 4.185 e 1.720, respectivamente.

Acima de tudo, David conquistou o posto de artilheiro do Leão na Série B, com seis gols e 11 na temporada geral. Além disso, atuando tanto como ponta quanto como centroavante, ele cedeu ainda cinco passes para gols.

Como nem tudo são flores, quem ficou devendo foi o centroavante Samuel. Apesar de iniciar 2021 como principal destaque, marcando o gol da vitória sobre o Bahia na Copa do Nordeste, deixou a desejar no segundo momento da temporada. Em certo momento, o jogador sequer chegou a ser relacionado para as partidas decisivas da Segundona.

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Após 4 anos, Nino Paraíba se despede do Bahia: 'Serei eternamente grato'

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*