Polônia tenta impedir ida de Paulo Sousa para o Flamengo; Lewandowski se diz “chocado”

"comportamento extremamente irresponsável, inconsistente", disparou a Federação da polônia

Cotado para assumir o Flamengo após a demissão de Renato Gaúcho, o técnico português Paulo Sousa já aceitou a proposta rubro-negra, porém, ainda depende de resolver os detalhes de sua rescisão com a Polônia para ser anunciado oficialmente. O presidente da Federação Polonesa de Futebol, Cezary Kulesza, publicou em seu Twitter o pedido da rescisão de contrato e disse que rejeitou, além disso, disparou chamando o comportamento do treinador de “extremamente irresponsável e inconsistente”. A expectativa é de que o técnico consiga resolver a questão.

 

“Hoje fui informado pelo Paulo Sousa que queria rescindir o contrato por causa de uma oferta de outro clube. Este é um comportamento extremamente irresponsável, inconsistente com as declarações anteriores do treinador. Portanto, recusei firmemente”, afirmou Kulesza.

O atacante Robert Lewandowski também se posicionou sobre a decisão do treinador de deixar a Polônia e para trabalhar no futebol brasileiro, e se diz chocado. “Robert Lewandowski está chocado e surpreso com as ações do técnico Paulo Sousa”, informou a assessoria do centroavante do Bayern de Munique e craque da seleção polonesa ao portal local Interia. 

Deixe seu comentário!

1 Comentário

1 Trackback / Pingback

  1. CBF divulga datas e modelo de disputa da Copa do Brasil de 2022

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*