E.C Vitória: Reunião nesta segunda pode definir demissão de Chamusca

Leão acumulou 9 jogos sem vencer e foi eliminado do Baianão

Foto: Divulgação / EC Vitória

A permanência do técnico Marcelo Chamusca no comando da equipe do Vitória se tornou insustentável e, ainda que tenha nas mãos um time limitado e um elenco pouco qualificado, não diminui a vergonha pela eliminação deste domingo no Campeonato Baiano ao perder para o já sem pretensão Fluminense de Feira por 2 a 0 em pleno Barradão, estádio que um dia já foi tratado como alçapão, porém, há muito tempo não intimida os visitantes, exemplo de Atlético-BA, Botafogo-PB e Fluminense de Feira, curiosamente as três últimas derrotas do Leão, todas no Manoel Barradas.

O time do técnico Marcelo Chamusca não vence há 8 partidas. São 5 empates (Bahia-FS, Ceará, Juazeirense, Bahia e Confiança) e 4 derrotas (Moto Club, Atlético-BA, Botafogo-PB e Flu de Feira). Aliás, dos 16 jogos da temporada, venceu apenas TRÊS (Vitória da Conquista, Jacobina e Jequié), empatou 9 e perdeu 4. Foi eliminado da Copa do Brasil na primeira fase, assim como no Campeonato Baiano, e na Copa do Nordeste ainda não venceu e figura fora do G-4.

Em entrevista coletiva após o vexame deste domingo, o treinador disse não ter tido contato com a diretoria rubro-negra após eliminação, apenas com o diretor de futebol, Alarcon Pacheco, e também revelou que nesta segunda-feira terá uma reunião para decidir o seu futuro, conversa essa que pode, aliás, deve definir a sua demissão.

Veja abaixo:

 

“Não houve nenhum contato agora depois do jogo. Até entendo o sentimento de todos. Quem conversou comigo foi Alarcon Pacheco, mas não houve nenhum contato da diretoria comigo não. Agora depois do jogo é muito prematuro eu falar de qualquer situação em relação ao meu futuro e ao futuro do clube. Até porque o meu estado emocional depois de tudo o que aconteceu e que vem acontecendo. A gente vem de uma sequência sem conseguir vencer. Eu sou um profissional que entrego a minha vida em todos os clubes que passei e tenha certeza que essa estatística que estou vivenciando aqui no Vitória hoje me deixa muito triste, traz um desgaste emocional muito grande, porque 90% das equipes que trabalhei, a minha estatística foi muito superior ao que está acontecendo aqui. Mas vamos aguardar amanhã, com mais tranquilidade, a gente senta, conversa e define como é que vai ficar as coisas. Tem que ouvir o clube também. É um momento muito difícil para se tomar qualquer decisão. Quando eu vejo determinados clubes tomando decisões, não que sejam precipitadas, principalmente no calor do jogo eu não concordo. Precisa-se ter um pouco de tranquilidade”, disse o treinador.

Deixe seu comentário

1 Comentário

  1. Fantastic goods from you, man. I have understand your stuff previous to and you are just too great. I actually like what you have acquired here, certainly like what you’re stating and the way in which you say it. You make it entertaining and you still take care of to keep it smart. I cant wait to read far more from you. This is really a tremendous site.

4 Trackbacks / Pingbacks

  1. website
  2. รับทำเว็บไซต์
  3. http://businessdirectory.pl/polski-system-polityczny-z-perspektywy-25-lat-2016.php
  4. Mājas lapas hostings

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*