“As pessoas já davam como certa a nossa demissão”, destaca Enderson

Treinador exaltou classificação do Bahia e desabafou

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Enderson Moreira ganhou um grande respiro neste domingo para seguir no cargo de treinador do Esporte Clube Bahia. Diante da enorme pressão pela sua demissão, o técnico mudou totalmente a equipe, colocando como titular Fernandão e sacando o artilheiro do Brasil no ano, o atacante Gilberto. Eis que o camisa 20 marca quatro vezes e ajuda a colocar o Esquadrão nas semifinais do Campeonato Baiano. Após o jogo, em entrevista coletiva, Enderson exaltou a atuação da equipe e deu uma cutucada nos críticos, destacando que todos já davam como certa sua demissão após derrota para o Sergipe.

“Depois daquela derrota contra o Sergipe, 99,9% das pessoas que trabalham com futebol já davam como certa a nossa demissão. A gente trabalha com o presidente, com o Vitor, o Diego que são pessoas que estão avaliando o trabalho constantemente. Eles avaliam o que está acontecendo no dia a dia. Vocês percebem o quanto os nossos atletas compram essa ideia, o quanto estão se empenhando para poder reverter isso. Tenho isso também na minha cabeça, não importa como começa, mas sim como termina. O importante que a gente tem uma temporada toda pela frente”

“Enquanto há jogo, há sempre esperança. Ninguém jogou a toalha, a gente sabia que a situação não era uma situação que dependesse apenas da gente, mas dependia da gente fazer um bom jogo hoje. Porque de nada adiantaria se a gente chegasse aqui e não vencesse o jogo. Então, nosso compromisso sempre foi de fazer o melhor que a gente podia. Hoje fomos muito efetivos e conseguimos transformar as oportunidades em gol. É o que nos falta em alguns momentos e que bom que a gente conseguiu essa classificação”

Fernandão ou Gilberto? O comandante falou sobre a boa dor de cabeça que terá para escalar na posição, tendo esse duelo entre o F20 e Gilberto.

“Eu tô ferrado (risos). Não tinha uma pergunta mais fácil para fazer não?! Eventualmente, em algumas situações, a gente pode até utilizar os dois juntos, mas não é uma regra. Mas a gente precisa muito dos dois. São jogadores que se desgastam muito, que têm faro de gol. São impressionantes esses dois. Tomara que a gente consiga terminar o ano com os dois artilheiros do Brasil”, explicou.

Confira o áudio completo da entrevista:

 

 

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. concrete polishing

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*