Barroca explica ausência de André e escolha por Marcinho contra o Vila

Marcinho perdeu a titularidade para André nos jogos contra Brusque e Grêmio.

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

As laterais vêm sendo trazendo dores de cabeça para o Esporte Clube Bahia desde o início do ano. Na direita, Douglas Borel iniciou a temporada como titular, mas acabou perdendo a posição para André, porém, ambos não vinham conseguindo se firmar e passar confiança. Foi aí que a diretoria buscou em agosto a contratação do experiente Marcinho, que não atuava desde fevereiro. Com passagem pelo Athletico-PR, Botafogo e seleção brasileira, o lateral de 26 anos assumiu a titularidade na sua segunda partida, mas começou a cometer falhas defensivas e virou alvo de críticas da torcida.

 

Diante disso, Marcinho perdeu a titularidade para André nos jogos contra Brusque e Grêmio, mas voltou a ser titular neste sábado diante do Vila Nova, por conta da lesão sofrida por André, que ficou de fora de alguns treinos, se recuperou, mas Eduardo Barroca decidiu por preservar o jovem atleta. Na entrevista pós-jogo, ele explicou a decisão.

“Conjunto de coisas. André sofreu pancada forte contra o Grêmio na cabeça, depois teve indicativo de lesão na coxa, Marcinho entrou bem e deu conta do recado. Depois, André não faz a semana toda com a gente de treino, perde dois treinos e, na antevéspera do jogo, treina parcialmente. Na véspera, treinou de maneira integral. Tava no risco no campo, trouxe pela importância do jogo, se fosse na metade da competição eu não teria relacionado. Jogador que tava no risco físico nesse jogo, entrou muito bem nesse jogo e vamos dar uma olhada como vai ser na semana.”

Autor(a)

Fellipe Amaral

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: [email protected]

Deixe seu comentário