Índio Ramírez admite escolha pelo América-MG em função da Libertadores

Colombiano entrou em campo quatro vezes na temporada 2021 pelo Bahia

Foto: Mourão Panda/América-MG

Projetando a temporada 2022, o América-MG tem aposta em reforços estrangeiros e com experiência no futebol brasileiro. Um dos novos contratados é o meia-atacante Índio Ramirez, que concedeu entrevista coletiva no novo clube na última segunda-feira (17). Apontado como destaque do Bahia em 2020, o colombiano frisou que a campanha do Coelho na temporada 2021 interferiu na decisão de se transferir para o clube mineiro.

 

“Tem um time muito bom, ficou em sétimo, entrou na pré-Libertadores, o que foi muito importante para tomar a decisão. Falei com meu empresário, falei com Berrío, que me motivou, falou muito bem do clube, muito bem de todos”, comentou o jogador, de 24 anos, sobre a primeira impressão do América-MG.

Contratado como uma das grandes contratações para o setor ofensivo do time, Ramirez sofreu uma lesão grave no joelho e só conseguiu entrar em campo quatro vezes em 2021. Para a atual temporada, o meia recebeu propostas do seu país de origem, mas projetou a classificação para a Libertadores como fundamental.

“Jogar a Libertadores tem atenção de toda a América do Sul e todo o mundo. A Libertadores é um campeonato muito bom, com as melhores equipes, então acho que o campeonato vai dar tudo certo, vamos fazer tudo da melhor maneira”, comentou.

“Precisamos que muita gente venha e conheça o América, que é um clube grande. Precisa ter jogadores para ir para fora também, porque o jogador gosta de ir para Europa e melhorar tudo. Acho que é um campeonato muito bom para isso”, completou.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*