Emprestado pelo Vitória, Caíque celebra oportunidade de jogar na Europa

“Encaro esse novo desafio como uma oportunidade", disse o goleiro

Foto: Divulgação Ermis Aradippou

Após rápida e apagada passagem pelo CSA, atuando apenas três jogos em oito meses, o goleiro Caíque assinou a rescisão de contrato com o clube alagoano e foi novamente emprestado Esporte Clube Vitória, agora ao Ermis Aradippou, clube da primeira divisão do Chipre. Revelado na base rubro-negro, o arqueiro de 23 anos assinou por empréstimo até abril do ano que vem, após ter sido aprovado nos exames médicos. Ele tem vínculo com o Leão até dezembro de 2021. Já integrado ao novo clube, Caíque falou sobre o novo desafio na carreira e celebrou a oportunidade de jogar na Europa.

 

“Encaro esse novo desafio como uma oportunidade de jogar, de já estar na Europa, uma oportunidade para eu mostrar meu potencial aqui e evoluir profissionalmente, agregando experiência e bagagem internacional. Meus objetivos incluo como os objetivos do clube. As metas do clube são as minhas metas. Nós temos que fazer uma boa temporada, jogar bem, jogar com excelência, fazer um bom trabalho e manter o nível de desempenho lá em cima, para conquistarmos aquilo que vamos almejar. Agradeço aos meus empresários da Antoniu’s por mais esta oportunidade em minha carreira”, afirmou.

Cria das divisões de base, Caique Luiz Santos da Purificação tem 23 anos e após se destacar no time sub-20, foi promovido ao elenco profissional em 2016, porém, nunca conseguiu se firmar como titular e após algumas falhas, foi transferido para o time sub-23. Natural de Salvador, o arqueiro soma 51 partidas pela equipe principal e 25 pelo time de aspirantes, no total. Esse ano, atuou 7 vezes pelo time principal e 13 pelo sub-23. Além disso, ostenta convocações para a Seleção Brasileira. Em 2017, atuou no Sul-Americano Sub-20, disputado no Equador.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*