Justiça determina retorno de Paulo Carneiro ao Esporte Clube Vitória

Ex-presidente volta ao Conselho Deliberativo do Leão

Justamente e exatamente no momento que o Esporte Clube Vitória atravessa mais um momento de turbulência dentro e fora de campo, a juíza Júnia Araújo Ribeiro Dias, da 14ª Vara de Relações de Consumo, determinou o cumprimento de sentença proferida em novembro de 2016 para a reintegração do ex-presidente Paulo de Sousa Carneiro ao Conselho Deliberativo do Clube.

Porém, Paulo Catharino, ex-mandatário do Conselho, apresentou impugnações a execução do despacho. O Vitória tem um prazo de cinco dias para cumprir a decisão. Pelo visto nas últimas entrevistas, dificilmente o Vitória vai contestar novamente a decisão da justiça.

“Determino ainda que no prazo de 05 (cinco) dias o Executado comprove nos autos o cumprimento da obrigação, sob pena de adoção das providências no âmbito cível destinadas a assegurar a efetividade da decisão, consoante previsto no art. 139, V do CPC, que autoriza a prática de TODAS as medidas indutivas, coercitivas, mandamentais ou sub-rogatórias necessárias para o cumprimento da ordem judicial, o que inclui ordens de restrição de atuação, tudo sem prejuízo das medidas criminais cabíveis”, diz trecho da sentença publicada hoje à noite pelo Bahia Notícias.

Para quem não recorda, Paulo Caneiro foi expulso do Conselho Deliberativo do Vitória em março de 2009 por 151 votos a 1 sob alegação de ter aceitado uma proposta para trabalhar como diretor de futebol no Esporte Clube Bahia.



Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*