Gilberto não vê vantagem do Bahia no BA-VI e comemora retornos

"Vantagem nenhuma. Clássico é clássico", afirmou

Foto: Felipe Oliveira/ECBAHIA

Apesar de atuar na Arena Fonte Nova apenas com tricolores no estádio e enfrentando um Vitória há seis jogos sem vencer e em crise dentro e fora de campo, o atacante Gilberto descartou o favoritismo dado ao Esporte Clube Bahia que também vem pressionado pelo baixo rendimento do time de Enderson Moreira. Segundo o camisa 9, não existe vantagem em clássico e quando a bola rolar é procurar fazer o máximo para conseguir o triunfo.

“Vantagem nenhuma. Clássico é clássico, não só aqui como em outros lugares. O futebol tem que ser jogado quando a bola rola. Falar por falar, você colocar que nosso time é favorito é fácil. Importante é a gente fazer o máximo dentro de campo, nos cobrar e procurar o triunfo”

O artilheiro tricolor também comemorou os retornos de alguns companheiros que não vinham atuando por questão de lesão, casos de Fernandão, Elton e Yuri. No entanto, o treinador Enderson Moreira também perdeu o volante Gregore, lesionado. Veja abaixo:



“É importante para a gente ter todos à disposição. O Elton está voltando, o Fernandão. Isso é importante para a gente. Temos que ir com responsabilidade no clássico, sempre respeitando o adversário. Temos que ir com cautela, no outro jogo viu o quanto é difícil jogar o clássico. Não vai ser jogo fácil”

Artilheiro do Brasil em 2019 com 12 gols em 11 jogos, Gilberto falou da responsabilidade de marcar gols. “O que faz aumentar a minha responsabilidade. No meu ponto de vista sempre dou o melhor. Se a partir de domingo for meu colega que faça os gols vou estar feliz do mesmo jeito. Então, o importante é sempre triunfar, se sagrar campeão e o que Deus permitir a gente vai fazer.”

Ele também comentou o clima do clássico baiano entre os torcedores: “Os baianos são bem mais fáceis de lidar, até a cobrança é de um jeito mais engraçado. Fora daqui e em outros lugares que passei há uma cobrança maior por coisas negativas. Isso traz um pouco de peso. Nós temos um retrospecto bom e temos que continuar trabalhando para somar”

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*