Leandro Domingues pode ser útil ao atual elenco do Bahia?

Ainda é impossível afirmar que o interesse do Esporte Clube Bahia no meia Leandro Domingues seja verídico ou tenha algum porcento de verdade, afinal, nem tudo que circula na mídia pode ser levado tão a sério, entretanto, como nossa obrigação é manter os leitores informados sobre o dia-a-dia do futebol baiano, não podemos deixar de tratar deste assunto que interessa diretamente a dupla BA-VI e que se revelou às vésperas de uma decisão de Campeonato Baiano. É nesse embalo que trago uma discussão interessante. Valeria a pena o Bahia investir em Leandro Domingues, jogador que recentemente completou 200 jogos pelo Vitória e hoje com 32 anos?


Leandro Domingues é aquele meia avançado de ligação que pensa o jogo e dá um toque de qualidade ao meio-campo, responsável direto pela criação de jogadas, por fazer a distribuição e quando preciso cadenciar o jogo. O Bahia não tem esse jogador no elenco, quer dizer, não tinha, até a chegada de Renato Cajá, que tem as mesmas características de Leandro. Até então, quem exercia ou tentava exercer essa função era o esforçado Juninho, um legítimo segundo volante, ou até mesmo Thiago Ribeiro que tem um toque diferenciado e foi testado por Doriva, contudo, sem sucesso até agora.


Caso venha a se concretizar a ainda suposta contratação, teríamos uma briga boa pela camisa 10 entre Leandro Domingues e Renato Cajá, acho improvável e não passa pelo menos pela minha cabeça os dois, com características parecidas, atuando juntos, afinal, para isso teria que deslocar um ou outro para jogar na ponta, o que é impensável, caso utilize o 4-2-3-1 ou 4-3-3, ou então alterar o esquema para o 4-2-2-2 com dois volantes mais fixos, porém, ainda assim deixaria o meio de campo lento e perderia poder de marcação, já que no esquema atual os pontas voltam para ajudar na marcação.  

Leandro Domingues atuou em 7 partidas na temporada, ainda não balançou as redes, mas com ele em campo o Vitória perdeu apenas uma única vez, para o Flamengo de Guanambi (1×0). Apesar de ainda não se apresentar 100% fisicamente, deu uma dinâmica ao meio-campo por ser um jogador técnico. O contrato do jogador se encerra agora dia 10 de maio e até o exato momento a diretoria rubro-negra não o procurou para tratar de renovação, mas já afirmou que tem interesse em contar com o atleta na Série A.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*