O Bahia comove a Bahia

A situação lamentável do Bahia deixou os muros do Fazendão. As discussões não se restringem mais à famosa nação tricolor, tripudiada com as gozações rivais. O drama agora comove o Estado. Em todo canto é possível ouvir pitacos, sugestões e possíveis responsáveis. As causas são as mais variadas, mas até mesmo o maior rubro-negro entende que, tirada a paixão pela rivalidade, uma nova queda para a Série C do Brasileiro é prejudicial para toda a Bahia.

Nos bares da cidade, nas rodas de conversa, o assunto é o mesmo. A vergonha e o medo de ter de enfrentar mais uma vez a Terceira Divisão do futebol brasileiro assustam qualquer um. Os prejuízos que podem ser causados com o rebaixamento fizeram também com que as equipes de rádio também entrassem na onda de reunir forças para salvar o tricolor.

Nada foi programado. Ninguém foi à frente para organizar um movimento. Mas, o receio da perda em todos os sentidos, até mesmo financeiro para a cidade, fizeram com que a corrente positiva para o Bahia fosse criada.

As manifestações, inclusive, extrapolam as fronteiras do Estado. O consagrado jornalista Juca Kfouri, declaradamente simpatizante do azul, vermelho e branco, escreveu o seguinte em seu blog logo depois da derrota para o Vasco, no sábado: “Pena que mais um campeão, o próprio Bahia, está é mais perto da degola, da terceira divisão, tomado que está pelo que há de pior”.

Só que não vai adiantar as conversas, sugestões, a corrente positiva, se dentro de campo os jogadores não corresponderem. A situação do Bahia é delicada. O clube não depende apenas de si e, hoje à noite contra o Juventude, tem pela frente um concorrente direto contra o rebaixamento.

De acordo com o site Chance de Gol, o time são 60% de possibilidade de cair para a Série C. O número mágico para escapar da degola é 46. Onze pontos a mais do que o Bahia tem hoje. Bom, então, iniciar a sequência de vitórias – pelo menos quatro em seis jogos – na noite de hoje. Ou então vai ficar muito tarde. Com informações de Raphael Carneiro da Tribuna Online

Deixe seu comentário