DIRETAS JÁ!

A NAÇÃO TRICOLOR chegou ao seu limite, ninguém agüenta mais!

Todos querem mudanças no estatuto do clube para permitir a realização de eleições diretas, dando direito aos sócios de votarem para escolher seu presidente. Essa é a única forma de salvar o falido e desacreditado Esporte Clube Bahia que, na verdade, é um GIGANTE ADORMECIDO.

A torcida do Esquadrão de Aço é enorme, fiel e apaixonada e quer ajudar, quer participar da vida do clube ativamente para transformá-lo numa potência do futebol brasileiro, dando, inclusive, o suporte financeiro necessário para isso.

A falta de competência e de credibilidade aliadas à pobreza de idéias das últimas gestões que dirigiram o Bahia, o levaram ao fundo do poço, transformando-o num clube sem expressão nacional. Perdemos a hegemonia do futebol baiano, já são 11 anos de sofrimento e humilhação e uma geração está se formando sem nunca ter visto o Bahia ser campeão.

MOTIVOS PARA MUDANÇA:

O Bahia está

mergulhado numa grave crise financeira;
fora da elite do futebol brasileiro há 5 anos;
sem título baiano há 7 anos;
vendendo seus promissores jogadores a “preço de banana (e não fica nem com um percentual mínimo para render alguma coisa no futuro).

O Bahia não tem

credibilidade para receber qualquer tipo de ajuda;
estádio e, por causa disso, vem tendo prejuízos assombrosos;
novos ídolos, pois os poucos bons jogadores que aparecem não chegam a fincar suas raízes;
mais a hegemonia do futebol baiano e nordestino.

HISTÓRICO DO FRACASSO DO BAHIA NOS ÚLTIMOS ANOS:

1997 – Rebaixado para a Série B do Brasileirão e, pela primeira vez em sua história, fica de fora da elite;
1998 – Em sua estréia na Série B, quase acontece outra tragédia. O Bahia foi eliminado na primeira fase e por muito pouco, não foi para a Série C junto com o Fluminense/ RJ;
2000 – Retorno à elite pela “janela” através da Copa João Havelange que foi criada para resgatar o Bahia e o Fluminense/ RJ de volta à Primeira Divisão;
2002 – Bahia escapa do rebaixamento na última partida contra a Portuguesa/ SP, graças à Nonato (3 gols);
2003 – Bahia leva goleada histórica (7×0) do Cruzeiro, em plena Fonte Nova, pela última rodada do Brasileiro e é novamente rebaixado para a Série B. Além disso, terminou o Campeonato Baiano em 9º lugar;
2005 – Bahia é rebaixado para a Série C, o “porão” do futebol nacional;
2006 – Bahia disputa a Série C e não consegue o acesso;
2007 – Bahia consegue o acesso graças ao milagroso gol de Charles contra o Fast, na Fonte;
2008 – Bahia entrega o título baiano de “mão beijada” para seu maior rival.

É preciso reverter esse quadro JÁ! Não dá mais pra esperar! O atual presidente havia prometido que, em sua gestão, implantaria as eleições diretas, mas não cumpriu sua palavra. Não vamos esperar nem mais um dia, mudanças no estatuto agora!

ELEIÇÕES DIRETAS JÁ!

APOIAM O MANIFESTO PELAS DIRETAS JÁ:BLOG DO TORCEDOR/ BAHIA colunas.globoesporte.com/josericardo/
BORA BAHÊA MINHA PORRA www.baheaminhaporra.com
FUTEBOL BAHIANO www.futebolbahiano.blogspot.com
FUTEBOL MULTIMÍDIA www.futebolmultimidia.com
PORTAL ESPORTIVO www.portalesportivo.com.br
SEMPRE BAHIA www.semprebahia.com
TORCIDA BAMOR www.bamor.com.br
TORCIDA POVÃO www.torcidapovao.kit.net/Importante:

Aproveitem e assinem a petição on-line criada por Flávio dos Santos, que apóia a decisão do Governador de exigir eleições diretas para os times que querem o mando de campo em Pituaçu.
Essa petição em breve chegará às mãos do Governador Jacques Wagner. Já temos mais de 900 assinaturas.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*