“Ficamos felizes pelo jogo e não pelo resultado”, diz Calaça após eliminação da Juazeirense

"Enfrentamos uma grande equipe, uma das melhores do Brasil e da América", disse.

Foto: Reprodução/SporTV

A Juazeirense perdeu novamente para o Palmeiras, na noite desta quarta-feira, no Estádio do Café, em Londrina (PR), pelo jogo de volta de volta da terceira fase da Copa do Brasil. O Cancão de Fogo foi derrotado pelo Verdão por 2 a 1, e se despediu do torneio nacional. Após sair atrás no placar com gol do volante baiano Danilo aos 41 do primeiro tempo, a Juazeirense foi buscar o empate com gol de Nildo Petrolina aos 5 da etapa final. Mas o Verdão chegou ao segundo gol com Raphael Veiga cobrando pênalti. Em entrevista ao canal que transmitiu o jogo, o goleiro Rodrigo Calaça lamentou a eliminação, mas exaltou a atuação do time nos dois jogos.

 

“Enfrentamos uma grande equipe, uma das melhores do Brasil e da América. Ficamos felizes pelo jogo e não pelo resultado. Provavelmente deve ser minha última Copa do Brasil. Foram seis pênaltis, e o mérito não é meu. Deus me revelou cada pênalti. Do pênalti do Nenê, Deus me deu a visão. Todo mérito e toda honra é de Deus”, disse o goleiro da Juazeirense.

Agora a Juazeirense volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro da Série D, onde ocupa a vice-liderança do Grupo 4, com 8 pontos. O Cancão de Fogo volta a campo no domingo (15), às 16h, para enfrentar o Atlético de Alagoinhas, no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro, pela 5ª rodada da Quarta Divisão.

Deixe seu comentário!