Após vitória sobre o Atlético-BA e desabafo, técnico do Santa Cruz é demitido

Mesmo diante da conquista da primeira vitória na Série D do Brasileiro 2022, treinador não resiste no cargo após desabafo

Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cru

O futebol brasileiro permanece com a saga ‘devastadora’ de desfechos precoces dos trabalhos de técnicos nos clubes nacionais. É o caso do Santa Cruz, que demitiu Leston Júnior, mesmo após a primeira vitória do clube na Série D do Campeonato Brasileiro. Após o triunfo sobre o Atlético de Alagoinhas por 3 a 2, o treinador foi desligado mediante um desabafo na entrevista coletiva pós-jogo. O duelo aconteceu no último domingo (8), pela 4ª rodada da Quarta Divisão da competição nacional.

 

“Que fique claro, repito, o que os senhores vão ouvir aqui é desabafo e reivindicação apenas de salário. Todo mundo aqui é pai de família e precisa chegar em casa pagar suas contas, porque isso aqui, por mais que muitos pensem que são máquinas, são seres humanos. Têm problemas como todo mundo tem, têm família como todo mundo tem. Jogam por sobrevivência, afinal, nós vivemos em um mundo capitalista. Então, o que nos motivou muito a isso aqui, além de todos esses problemas, é condição de trabalho, e eu não estou aqui dizendo que isso é responsabilidade de quem tá na presidência não, é porque o clube está largado mesmo. O Antônio (Luiz Neto) está aí, o presidente, e ele está largado mesmo, eu vejo o dia a dia. Porque também não vou ser injusto”, explicou.

Tal qual o comandante, o executivo de futebol, Marcelo Segurado, também saiu do Tricolor de Pernambuco pela mesma razão. Como forma de manifestação, alguns jogadores do Santa Cruz defenderam as decisões dos dois profissionais. Foi o caso do volante e capitão do time, Gilberto.

“Estamos juntos com a comissão e com Marcelo… Qualquer decisão iremos juntos”, escreveu em uma publicação nas redes sociais.

Leston Júnior assumiu o Santa Cruz para substituir Roberto Fernandes, que sofreu o rebaixamento com a equipe em 2021. Ao lado de Segurado, ajudou na montagem do elenco para este ano.

Em 15 jogos disputados neste ano, venceu sete, empatou quatro e perdeu dois. Com aproveitamento de 55%, a equipe alcançou a semifinal do Campeonato Pernambuco, onde foi eliminada pelo Náutico nos pênaltis.

Deixe seu comentário!