Vitória notifica o Palmeiras exigindo renovação do empréstimo de Luan Silva

Vínculo contratual do Verdão com atacante, de 23 anos, foi encerrado na última terça-feira (01°)

Revelado pelo Vitória em 2018, o atacante Luan Silva está de volta ao clube baiano após três temporadas seguidas emprestado ao Palmeiras, onde atuou somente uma vez, em 43 minutos, no empate por 1 a 1 com a Ferroviária-SP, no dia 7 de março de 2020, pelo Campeonato Paulista. Durante esse período, como estava em tratamento de contusão, o Verdão ampliou o vínculo contratual do atleta de 2021 para 2022, até o último dia 1° de março.

 

Em síntese, a equipe tem por obrigação manter o jogador empregado enquanto o processo de recuperação é finalizado. Por outro lado, após o término do contrato, a diretoria paulista não permanece com a intenção de continuar com o jogador e nem de bancar seu salário. Contudo, em entrevista ao canal “Canto Rubro-Negro”, no YouTube, o presidente interino do Leão da Barra, Fábio Mota, revelou que notificou o Palmeiras para que a agremiação estenda o vínculo de Luan por mais dois meses, visto que os exames diagnosticados pelo Vitória apontam que o atleta está inapto para atuar neste momento.

“Os laudos mostram que, nesse exato momento, Luan não está apto para jogar. Então, pelo fato de Luan não estar apto para jogar, o Vitória, que entregou o jogador em perfeitas condições ao Palmeiras, não pode receber o jogador nesse exato momento”, destacou o gestor rubro-negro.

“Nós notificamos o Palmeiras avisando o vencimento do contrato e dizendo que o Palmeiras tem obrigação de renovar o empréstimo, já que o jogador não está apto. A gente acha que em 60 dias ele está pronto. Assim que ele estiver pronto, nós estaremos lá de braços abertos para que ele jogue a Série C com a gente”, completou.

De acordo com a “ESPN”, o Alviverde busca outra solução para o caso, que não seja necessário renovar o vínculo com o atacante, de 23 anos. Anteriormente, os palestrinos desembolaram R$ 3 milhões por 15% dos direitos do atleta, o que possibilita ao Palmeiras receber uma compensação financeira caso seja negociado futuramente.

Deixe seu comentário

Autor(a)

03/03/2022 às 17h10

Pedro Moraes

Jornalista, formado pela Universidade Salvador (Unifacs). Possui passagens em vários ramos da comunicação, com destaques para impresso, sites e agências de Salvador e São Paulo. Contato: [email protected]

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Após atentado, Marcelo Cirino rescinde contrato e deixa o Bahia
  2. Veja os gols de Castanhal-PA 1 x 1 Vitória pela Copa do Brasil

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*