Ex-Vitória, goleiro Wilson alega problemas familiares e deixa o Coritiba

"Vou passar um período pensando, cuidando dessa parte", disse.

Foto: Arquivo Bem Paraná/Geraldo Bubniak

Com passagem destacada pelo Esporte Clube Vitória e desde 2015 defendendo o Coritiba, o goleiro Wilson concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira para anunciar sua saída do Coxa e explicar os motivos de pedir dispensa. O jogador de 37 anos alegou problemas familiares para justificar a rescisão amigável do contrato, que ia até o final de 2022. Ele explicou que já vinha pensando em rescindir o contrato com Coritiba desde o final do ano passado por causa de problemas pessoais envolvendo sua família.

 

“Por toda essa questão familiar, achei que era o momento de encerrar esse ciclo. Pelo respeito ao clube, aos atletas que estão aqui, pelo meu bem e da minha família. Por ter contrato até o final do ano, seria muito cômodo ficar por aqui. Na gíria do futebol, ficar ali “roubando”, de canto. Mas se não estiver 100% focado, não é da minha índole fazer isso. Achei o melhor tomar essa decisão, pelo bem de todos. Por isso que estou aqui encerrando esse ciclo no Coritiba.”

“Cumpri meu papel. Não esperava que fosse antecipado assim, mas as circunstâncias me levaram a isso. Saio com o sentimento de dever cumprido. Passei muitas dificuldades aqui dentro, muitos momentos ruins e sempre me dedicando, botando a cara a tapa, assumindo a responsabilidade, que muitas vezes nem cabia a mim assumir. Acho que isso me levou a ter o carinho do torcedor.”

“Vou passar um período pensando, cuidando dessa parte. Indo no tempo da minha família para a gente minimizar essa situação e nesse período a gente vai conversando para resolver da melhor maneira o meu futuro”

Revelado na base do Flamengo, Wilson acumula passagens por Olaria e Portuguesa-RJ, mas seu primeiro ano de destaque foi 2007 quando despontou vestindo a camisa do Figueirense, ficando no clube catarinense até 2012. Acertou com o Vitória em 2013, ano em que o Leão fez excelente campanha no Brasileiro da Série A, terminando na 5ª colocão e muito perto da vaga na Libertadores. Pelo Leão, atuou 42 vezes em 2013 e 36 em 2014. Em 2015, fez apenas 2 partidas pelo Vitória e deixou a Toca do Leão, acertando com o Coritiba.

Wilson está no Coritiba desde 2015, com uma saída rápida para o Atlético-MG, em 2019. Foram 296 jogos pelo Alviverde, sendo o terceiro goleiro com mais jogos pelo clube, atrás apenas de Jairo (410) e Vanderlei (301). Ele marcou ainda 11 gols pelo Coxa. Na última temporada, Wilson fez 48 partidas, sendo titular no acesso à Série A do Brasileiro. Ele é o nono jogador com mais partidas na história do clube.

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Fábio Mota recebe apoio do presidente do Conselho Fiscal do Vitória

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*