Atento ao mercado, Bahia faz consulta por três jogadores, diz jornalista

Esquadrão fez sondagens (mas não avançou para uma proposta) por três jogadores

Após a chegada do gerente de futebol João Paulo Sanches, o Esporte Clube Bahia segue atento em busca de reforços para a temporada 2022, na qual disputará Campeonato Baiano, Copa do Nordeste, Série B e Copa do Brasil. Até aqui, já anunciou cinco nomes, o último deles o meio-campista Willian Maranhão, que trabalhou com o novo gestor no Atlético-GO. Dentro da sua realidade financeira, o Esquadrão permanece mapeando o mercado e fez consulta por três jogadores, além do meia Rafael Gava, do Cuiabá (veja aqui).

 

Segundo informação do jornalista Émerson Júnior, que cravou as chegadas de Rezende e Willian Maranhão, o Esquadrão fez sondagens (mas não avançou para uma proposta) por três jogadores. O meio-campista Wescley, de 30 anos, que defendeu o Juventude na Série A 2021; o meia-atacante Guilherme Castilho, de 22 anos, que pertence ao Atlético-MG e estava emprestado ao Juventude, além do atacante Pedro Raul, que trabalhou com João Paulo Sanches no Atlético-GO, sendo destaque no acesso do time goiano. Atualmente ele está no Juárez, do México, emprestado pelo Kashiwa Reysol, do Japão.

Natural do Rio de Janeiro (RJ), Wescley Gomes dos Santos acumula passagens pelas divisões de base do Flamengo e Madureira, mas se profissionalizou no Atlético-MG, em 2010. Passou também por Democrata-SL, Vila Nova-GO, Red Bull Brasil, Ipatinga, Chapecoense, Santa Cruz, Ceará, Ferroviária, Vissel Kobe, do Japão. No Ceará, ele teve três passagens (2015, 2016 e 2018 a 2021). No ano passado, disputou três jogos pelo Vozão e foi emprestado ao Juventude, onde atuou 34 vezes, marcou 2 gols e deu uma assistência.

Natural de Arapoema (TO), Guilherme Castilho Carvalho é cria da divisão de base do Mirassol, onde se destacou e chamou a atenção do Atlético Mineiro. Foi contratado pelo Galo em 2018, inicialmente para integrar o time sub-20. Em 2019, foi emprestado ao Confiança-SE. Já em 2020 e 2021, defendeu o Juventude, atuando 47 jogos (46 pelo time principal), com 8 gols marcados e 6 assistências.

Natural de Porto Alegre, Pedro Raúl Garay da Silva acumula passagens no futebol brasileiro por Aimoré, Cruzeiro-RS, Vitória SC, de Portugal, Atlético-GO e Botafogo. Após se destacar no acesso do Dragão de Goiás à Série A em 2019, disputando 47 jogos, com 12 gols e 2 assistências, foi negociado com o Botafogo. No Fogão, também teve boa passagem. Foram 39 partidas, com 12 gols e 2 assistências. Em 2021, foi vendido ao Kashiwa Reysol, do Japão, entrando em campo 11 vezes, com 3 gols e 3 assistências, sendo emprestado ao Juárez, do México, onde atuou 7 jogos, com 2 gols e 1 assistência.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

  1. Dá nisso ao contratar um Gerente de time do tamanho do Atlético Goianiense. Correndo atrás de jogadores inexpressivos, maioria do Atlético de Goiás, só falta trazer time completo.
    Esta é a Diretoria do Bahia, montando um time de Série B, mais com cara de Série C e cara de Guto Ferreira.
    Parece que a intenção de Bellitani é se manter no meio da tabela da série B.
    Onde a torcida do Bahia foi amarrar seu jegue…
    Me faça uma garapa!

6 Trackbacks / Pingbacks

  1. Copinha já tem 19 confrontos definidos da 2ª fase; Jacuipense pega a Ponte
  2. Confira as 50 seleções confirmadas na Copa Inter Vale 2022
  3. Atacante antecipa saída do Vitória e acerta com o Campinense
  4. Zagueiro revelado no Vitória está perto de ser anunciado pelo São Paulo
  5. Zagueiro com passagem pelo Vitória reforça o Mirassol no Paulistão
  6. Após empréstimos, Ignácio busca sequência no time principal do Bahia

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*