Após derrota para o Vitória, Vasco anuncia saída de diretor e treinador

Fernando Diniz participou de uma coletiva, na manhã desta sexta-feira

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco

Já sem chances de acesso, o Vasco da Gama já começa a planejar a temporada 2022. Após a goleada sofrida para o Esporte Clube Vitória, por 3 a 0, no Estádio de São Januário, o clube anunciou as saídas do diretor Alexandre Pássaro e do técnico Fernando Diniz. A ideia era pela permanência da dupla pelo menos até o fim da Série B, porém, o Cruzmaltino se antecipou depois de sofrer sete gols em dois jogos (Botafogo e Vitória) e diante da forte pressão interna por mudanças.

 

Fernando Diniz participou de uma coletiva, na manhã desta sexta-feira, para agradecer a oportunidade de comandar o clube. Ele fez questão de explicar quais foram os erros, que fizeram com que o clube não alcançasse o principal objetivo do ano: o acesso.

– Primeiro quero fazer um agradecimento especial ao Vasco, ao Jorge Salgado e ao Pássaro. Pela maneira que fui recebido pelo clube, pelo staff e por todos os jogadores. Em especial à torcida, que tivemos algo mágico. Tivemos a chance de conquistar o acesso, que era o nosso sonho- disse o treinador, e falou da sequência de sua carreira:

– Sofrimento muito grande por não ter conseguido subir o Vasco, é uma coisa que me toca profundamente. Quem está dentro do processo, e eu estou dentro do processo o tempo todo, eu vou saber o que fazer. Amo o que eu faço, vou entregar o máximo para os jogadores e o clube que eu represento. E quero entregar um futebol para o torcedor para que tenha resultado e goste do que está vendo – completou.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*