CBF divulga diálogo do VAR no pênalti do Flamengo contra o Bahia

Na conversa com o VAR, o árbitro afirma que viu a bola atingir o bíceps de Conti

Nesta sexta-feira, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou o áudio da revisão do VAR no lance do pênalti marcado a favor do Flamengo no jogo contra o Bahia, motivo de revolta do clube baiano e determinante para a demissão antecipada de Leonardo Gaciba da Comissão de Arbitragem. No lance em questão, a bola toca no peito do zagueiro Germán Conti, mas o árbitro Vinícius Gonçalves marca o pênalti. Ele é chamado ao VAR para ver as imagens e mantém a decisão. O time carioca venceu por 3 a 0 pela 31ª rodada do Brasileirão.

 

Na conversa com o VAR, o árbitro afirma que viu a bola atingir o bíceps de Conti e decide manter a decisão de campo. Para o comentarista Sandro Meira Ricci, da Central do Apito da Globo, o profissional errou ao marcar pênalti contra o Bahia.

VEJA O DIÁLOGO:

– Vinícius, narra o que você viu – diz o árbitro de vídeo Elmo Alves Resende Cunha.

– Eu vejo um bloqueio com a mão, mais alto que ombro. Eu vejo pegar na mão – responde Vinícius Gonçalves.

– Recomendo revisão porque a bola bate no peito do jogador e vai no braço. O braço que está aberto não tem toque, está ok? – afirma Elmo Alves Resende Cunha.

O árbitro vai então até a cabine do VAR revisar a marcação do pênalti.

– Parei no ponto de contato quando a bola bate no peito e segue no braço. No braço que está esticado para cima não tem toque com a mão na bola, tá ok? – afirma o árbitro de vídeo Elmo Alves Resende Cunha.

– Eu vejo a bola pegar no bíceps dele, está vendo? – responde Vinícius Gonçalves ainda no campo.

– Tem outra câmera? – Pergunta Vinícius Gonçalves.

– Vou te mostrar que não tem outro toque. Qual braço você está falando? O direito ou o esquerdo? – Pergunta o árbitro de vídeo.

– O direito – responde Vinícius.

– Ela bate no peito e vai no bíceps – continua Elmo Alves Resende Cunha.

– Concordo com o que você fala, mas ele está em uma ação de bloqueio. Ele corre o risco, e pega no braço. Vou manter a penalidade, está bom?

– Ok – finaliza Elmo Alves.

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. "A indignação do Bahia vai ser revertida em atitude", diz Guto Ferreira

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*