Leonardo Gaciba é desligado do comando da Comissão de Arbitragem

A falha do árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araújo partida entre Flamengo e Bahia, quinta-feira, no Maracanã, foi a responsável pela mudança de planos de Rodrigues

Na manhã desta sexta-feira, o presidente interino da CBF, Ednaldo Rodrigues, que está em São Paulo acompanhando a preparação da Seleção para os jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo, acertou o desligamento de Leonardo Gaciba do comando da Comissão de Arbitragem. Vice da comissão, o também ex-árbitro Alício Pena Júnior assumirá o cargo até o final do Campeonato Brasileiro. Rodrigues já busca o substituto de Gaciba para aprofundar a reformulação da comissão a partir de janeiro.

 

O presidente interino da CBF pretendia desfazer a atual comissão no final da temporada atual, mas decidiu antecipar a decisão após a série de erros da arbitragem nas últimas rodadas, principal no jogo de ontem entre Flamengo e Bahia no Estádio do Maracanã, em que o árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araújo marcou um pênalti de Conti alegando toque de mão, e mesmo chamado pelo VAR, manteve a decisão.

Veja a nota da CBF sobre a saída de Gaciba:

“A Confederação Brasileira de Futebol informa que, nesta data, deu início a um processo de reformulação na estrutura da arbitragem brasileira, que começa com a substituição do comando de sua Comissão de Arbitragem.

O Presidente em exercício da CBF, Ednaldo Rodrigues Gomes, conversou com o Presidente da Comissão de Arbitragem, Leonardo Gaciba, nesta sexta-feira (12) e o entendimento mútuo foi pela necessidade de uma mudança, com a implementação de novos procedimentos visando maximizar os acertos e minimizar os erros de todos os envolvidos.

A CBF agradece a Leonardo Gaciba pelo empenho e pela forma altiva e incansável com que exerceu a Presidência da Comissão de Arbitragem da CBF.

Assumirá a função interinamente, até a conclusão das competições da temporada 2021, o atual Vice-Presidente da Comissão de Arbitragem, Alício Pena Júnior, a quem o Presidente Ednaldo Rodrigues parabeniza, desejando sucesso no cargo e colocando a estrutura da entidade à inteira disposição da Comissão de Arbitragem para o constante aperfeiçoamento e desenvolvimento da arbitragem nacional”.

Na última terça-feira (9), o mandatário da Associação Nacional de Árbitros de Futebol (ANAD), Salmo Valentim, publicou um documento solicitando o desligamento de Leonardo Gaciba do comando da Comissão Nacional de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

“A CBF faz a sua parte. Investe e acredita no potencial dos seus árbitros como tem que ser. Por outro lado, a categoria se esforça. Faz a regra ser cumprida e se dedica para legitimar na bola o resultado. Mas é preciso ter a dignidade de assumir que a gestão da arbitragem não é a ideal. Falta um projeto consolidado. Não há liderança. Não existe diálogo com as comissões estaduais. Tentam de todas as formas estimular números de algo que não deu certo e quem paga por isso é a categoria que a cada rodada é exposta e execrada pela opinião pública”, explica o comunicado da Associação.

A demanda tem ligação com as críticas encaminhadas à arbitragem brasileira na atual temporada. “É preciso que mudanças significativas ocorram na gestão da arbitragem, não com o ‘mais do mesmo’, mas com pessoas que busquem o coletivo e não projetos pessoais e perpétuos de poder. Enquanto isso não ocorrer, continuaremos sendo agredidos e ridicularizados como ocorre constantemente com a cabine do VAR. É preciso oxigenar o setor com a coragem que o presidente Ednaldo Rodrigues teve de assumir o comando da CBF e apaziguar os ânimos outrora aflorados por imbróglios políticos. Ou mudamos tudo, inclusive conceitos e ações ultrapassadas, ou então, ano que vem a história voltará a se repetir”, finaliza Salmo.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

  1. Agora me aparece ANAD (associação Nacional de Árbitros de Futebol) E o seu presidente Salmo Valentim se fazendo de vítimas dizendo que é execrado pelo público – Vai cuidar de botar juiz ladrão pra fora, com exceções de alguns, a maioria ladrão e mal intencionados, Daronco, Waden, Paulo Roberto Alves Junior, os dois irmãos Sampaio, Péricles Bassol, Flávio de Oliveira, Wagner Rewai, Sandro Abade, José Aparecido, e outros que me esqueço agora dos nomes, por mim só se salvam dois por enquanto; Marcelo de Lima Henrique e um de São Paulo

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Vitória inicia preparação para enfrentar o Cruzeiro no Barradão
  2. Elenco do Bahia recebe apoio da torcida no desembarque em Salvador

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*