Diretor de futebol do Vitória fala sobre situação do goleiro Caíque

A diretoria rubro-negra se reunirá para discutir o futuro do goleiro

O goleiro Caíque está de volta ao Esporte Clube Vitória após passagem pelo Ermis Aradippou, do Chipre. O arqueiro esteve na Toca do Leão na última terça-feira e conversou com alguns jogadores que fazem parte do elenco atual. Porém, a permanência do atleta cria da base ainda é incerta. Em contato ao “GE”, o diretor de futebol do Leão, Alex Brasil, afirmou que a diretoria rubro-negra se reunirá para discutir o futuro do goleiro de 23 anos. Na última temporada, Caíque disputou 31 partidas com a camisa do Ermis Aradippou, a última delas na semana passada, na derrota para o Ethnikos Achnas.

 

“A gente vai conversar interno para ver o que vai ser feito. Não peguei o caso ainda. Não sei se ele está emprestado lá ainda, quando vai o término do empréstimo, se foi rescindido. Vou me inteirar do processo. Ele não chegou a se reapresentar, só passou pelo clube. A gente vai se atualizar do processo”, disse o diretor de futebol do Vitória, Alex Brasil, em conversa com o ge.

Cria das divisões de base do Esporte Clube Vitória, Caique Luiz Santos da Purificação tem 23 anos e após se destacar no time sub-20, foi promovido ao elenco profissional em 2016, porém, nunca conseguiu se firmar como titular e após algumas falhas, foi transferido para o time sub-23. Natural de Salvador, o arqueiro soma 51 partidas pela equipe principal e 25 pelo time de aspirantes, no total. Em 2020, atuou 7 vezes pelo time principal e 13 pelo sub-23. Além disso, ostenta convocações para a Seleção Brasileira. Em 2017, atuou no Sul-Americano Sub-20, disputado no Equador. Fora dos planos, foi emprestado ao Ermis Aradippou, do Chipre, em agosto de 2020, e disputou 33 jogos.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*