Concorrente do Vitória espera MALA BRANCA no jogo contra o CRB

"possivelmente vai ser oferecido um dinheiro para ganhar de nós", disse.

Faltam apenas três jogos para a conclusão do Campeonato Brasileiro da Série B. Neste momento, América-MG e Chapecoense já resolveram o problema obtendo o acesso com 4 rodadas de antecedência. O Cuiabá está com a vaga encaminhada, já a quarta e última vaga agora é do Juventude, porém, CSA, Operário, Ponte Preta e Avaí correm por fora. Já na parte de baixa, o Oeste foi despachado, enquanto, o Botafogo e Paraná Clube ainda nutrem pequenas esperanças.

 

No entanto, a briga maior está entre Vitória, Figueirense e Náutico, seguramente UM DELES não sobreviverá. Nesta rodada, o Vitória encara o Guarani fora de casa, o Figueirense no Estádio Rei Pelé em Maceió enfrenta o CRB, enquanto o Náutico, terá o Oeste no Estádio dos Aflitos em Recife e tem uma boa possibilidade de respirar.

O técnico Jorginho, do Figueirense, comentou sobre a partida que está por vir diante do CRB, uma espécie de confronto direto entre as equipes que estão na parte de baixo da tabela. Vindo de vitória contra o Brasil de Pelotas, o Figueirense terá um desafio e tanto pela frente, que é o CRB, em Alagoas.

Focado em uma vitória para se manter longe do Z-4, o comandante afirmou que terão muitos desafios na partida, inclusive possíveis interferências financeiras.

“A viagem (até Maceió) é mortal. Gramado alto (do Rei Pelé) e contra um time que sabe jogar, que tem chance de classificar, que perdeu na última rodada e vai vir bravo e que possivelmente vai ser oferecido um dinheiro para ganhar de nós. Todos os problemas nós sabemos”, disse ele.

Ciente de que o CRB teria motivos de sobra para tentar colocar o alvinegro catarinense na zona do rebaixamento, Jorginho deixou claro que não poupará esforços pelos três pontos.

“Iremos lutar muito lá para vencer. Sei que não vai ser fácil, mas iremos conseguir. Tenho muita fé”, finalizou.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*