Élber analisa cenário pós-pandemia e valoriza entrosamento no Bahia

Elber marcou 4 gols em 10 jogos pelo time na temporada

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Em entrevista ao Jornal Correio durante a semana, o meia-atacante Élber – um dos destaques do time do Bahia nos primeiros jogos do ano antes da paralisação por conta do coronavírus – analisou o cenário do futebol pós-pandemia e se preocupa com o longo tempo inativo, sem jogos e sem atividades no centro de treinamento. Por outro lado, o jogador destacou a importância do entrosamento do time para dar sequência no trabalho no Esquadrão, principalmente pelas dificuldades que os atletas terão com a falta de ritmo e problemas físicos.

 

“Entrosamento é um dos fatores essenciais no futebol. Quando se consegue manter uma base de uma temporada para outra, o time perde menos esse entrosamento e consegue dar sequência ao trabalho que estava sendo feito, sem precisar recomeçar tudo do zero. Acho que isso pode ser bem proveitoso para termos uma temporada de grandes conquistas”.

Élber conta ainda que sente falta da rotina do dia a dia na Cidade Tricolor, das resenhas dos companheiros e principalmente da estrutura do CT tricolor. “Um pouco antes da pandemia, eu tinha comentado em casa sobre o novo CT, a excelente estrutura que o Bahia oferece lá aumentava ainda mais o prazer de trabalhar. Eu sentia vontade de estar no CT e o clima entre nós durante os treinamentos também sempre foi muito leve, ambiente extrovertido. Estávamos em um momento muito bom, então, não tem como não sentir falta da nossa rotina”, garantiu ele.

Nos primeiros meses do ano, o atacante Élber era um dos destaques do time do Esporte Clube Bahia, inclusive, ao lado de Clayson, Gilberto, Flávio, Gregore, João Pedro, Juninho e Juninho Capixaba, o meia-atacante atuou em todas as 10 partidas do Esquadrão em 2020 antes da paralisação por conta da pandemia do coronavírus, e marcou 4 gols.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*