Ex-Bahia, goleiro destaca segurança do Fluminense no Brasileirão

Sem tomar gol há dois jogos, Flu vive melhor momento na Série A

Foto: Lucas Merçon/ FFC

Após empatar com o Cruzeiro por 0 a 0 no Mineirão, o Fluminense retornou ao Rio de Janeiro na tarde desta quinta-feira e já pensa no próximo confronto, contra o Esporte Clube Bahia, sábado, às 19h, no Maracanã, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Um dos destaques do time na partida contra a Raposa, o goleiro Muriel falou sobre os dois últimos jogos da equipe sob o comando do técnico Marcão que assumiu após demissão de Oswaldo Oliveira. Para o arqueiro, com passagem pelo Bahia, o Flu está mais seguro e vai em busca de mais vitórias para seguir se afastando da zona de rebaixamento.

 

“Em termos defensivos, todo mundo se doou muito. Contando os últimos dois jogos fora de casa, conseguimos 4 pontos, isso é muito importante, então, agora vamos ter uma sequência na nossa casa e contamos com o apoio da torcida para continuar buscando as vitórias. O Fluminense está mais seguro sim. Não é só o sistema defensivo, mas todo o time, o pessoal da frente, todo mundo ajudando na marcação, se doando ao máximo, foi necessário num jogo como o de ontem. Isso é importante, que a gente possa continuar evoluindo a cada jogo”, destacou Muriel, analisando o empate fora de casa.

“Fico feliz de poder ajudar o time, mas o mais importante é a gente pontuar, conseguir as vitórias. Nosso pensamento tem que ser esse, de todo mundo poder fazer a diferença. Às vezes, um ou outro vai acabar se sobressaindo, mas o mais importante é que o Fluminense continue pontuando e vencendo, continuar focado e sempre pronto para poder ajudar o time”, concluiu Muriel.

Muriel teve uma breve passagem pelo Esporte Clube Bahia em 2016 em uma transação que envolveu o também goleiro Marcelo Lomba com o Internacional, de Porto Alegre. O arqueiro veio por empréstimo atuando em 22 partidas com a camisa do Esquadrão, na época integrante do Campeonato Brasileiro da Série B. Ao final daquele ano, o jogador não renovou seu contrato de empréstimo e logo após foi jogar no Belenenses, de Portugal. Ficou por lá até meados de 2019 quando retornou ao Brasil para defender o Fluminense, onde já atuou 17 vezes.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*