Guilherme pode ser reintegrado no Bahia à pedido de Roger Machado

Jogador pode voltar a ser relacionado pelo novo treinador

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Sem ser relacionado para os jogos desde o dia 15 de março, o meia Guilherme pode ser reintegrado pelo Esporte Clube Bahia à pedido do técnico Roger Machado, informação que surge nesta segunda-feira. Na sua primeira entrevista coletiva, o treinador foi questionado sobre o afastamento do jogador, mas não avançou no assunto, apenas afirmou que teria uma conversa com o diretor de futebol Diego Cerri para “delinear alguma coisa”. Caso seja reincorporado ao grupo, há possibilidade de ser relacionado para o duelo contra o CRB.

Guilherme chegou ao Bahia por empréstimo do Corinthians que paga todo o salário do jogador como forma de quitar a dívida de R$ 2 milhões que tinha com o tricolor baiano pela compra do lateral-esquerdo Juninho Capixaba. O meia atuou em 11 partidas pelo tricolor até aqui na temporada (7 como titular e 4 saindo do banco) e marcou apenas um gol diante da Juazeirense. Chegou-se a cogitar a saída do atleta, repassando a outro clube ou devolvendo ao Timão, porém, até o momento ele segue no grupo e sem uma definição, pode ganhar novo respiro com Roger Machado.

 

“A avaliação mais precisa do elenco e das nossas necessidades, a gente já tem conversado com o Diego, para a gente delinear alguma coisa, a curto, médio e longo prazo. Importante planejar todos esses cenários, mesmo sabendo da necessidade de vencer todo jogo”, disse Roger, em entrevista coletiva.

O primeiro desafio de Roger Machado à frente do time do Bahia será na próxima terça-feira, pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil, diante do CRB, às 19h15, na Arena Fonte Nova. No primeiro encontro, baianos e alagoanos ficaram no empate por 1 a 1 no estádio Rei Pelé, em Maceió. Como não existe mais o critério do gol qualificado para desempate, caso aconteça um novo empate por qualquer placar, a decisão será nos pênaltis.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*