Bahia pode se desfazer de Guilherme e reaver dinheiro com o Corinthians

Clube admite tentar negociar ou devolver o jogador

guilherme, meia do bahia
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Contratado no início deste ano por empréstimo com todo o salário pago pelo Corinthians como forma de quitar uma dívida de R$ 2 milhões pela compra do lateral-esquerdo Juninho Capixaba em janeiro de 2018 que não foi pago pelo clube paulista, o meia Guilherme pode deixar o Esporte Clube Bahia.

De acordo com o repórter Ulisses Gama ao Bahia Notícias, o clube baiano admite tentar se desfazer do jogador repassando à outra agremiação ou devolvendo ao Corinthians. Com isso, o Tricolor ficaria com o crédito e decidiria como seria feito o pagamento, em dinheiro ou com o empréstimo de outro atleta.

O meia atuou em 11 partidas pelo tricolor até aqui na temporada (7 como titular e 4 saindo do banco) e marcou apenas um gol diante da Juazeirense. No entanto, desde sua chegada, foi alvo de críticas que foram aumentando cada vez que atuava de forma apagada, e piorou com o ocorrido da última quarta-feira.



Principal personagem na partida contra o Sergipe por conta de um lance onde ele desiste de uma jogada e faz gestos para o torcedor depois de receber vaias gerando revolta, Guilherme foi BARRADO pelo clube e não enfrenta o Jequié no próximo domingo, às 16h, no Estádio Waldomiro Borges, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Baiano.

Após a polêmica, o meia teve uma conversa com a diretoria na última quinta-feira (14). Nesta sexta-feira, foi confirmado que ele está fora da relação do técnico Enderson Moreira para a partida decisiva que garantirá (ou não) a classificação para as semifinais do Campeonato Baiano.

Deixe seu comentário

2 Comentário

  1. O presidente e barriga verde e boca a Berta, sabe que esses caras do sul e sudeste, não gosta de vim pra qui pra por nordeste,o Bahia anúncio que estava com dinheiro em caixa os caras ficaram doido,junto com o diretor, gerente e comissão técnica pra trazer essas bagaça dessas regiões, exemplo: Corinthians,devo a o Bahia,mandou esse fraco Guilherme,pra abater o valor q deve,os caras estão quebrando. e que comprar o Ramires pra revender,o Pit Bull,q é empresário do garoto não vai cai nessa.O tempo deles fazer o bahiano de bestado acabou
    Presidente manda quem pode, obedece que tem juizo

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*