Presidente do Bahia revela conversa com o elenco e garante permanência de Enderson

"permanência de Enderson é minha responsabilidade"

O presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, finalmente deu a cara para bater e também se pronunciou nesta sexta-feira na sala de imprensa do Fazendão. O mandatário frisou que não existe um culpado e afirmou que teve uma conversa com os jogadores. Além disso, assumiu a responsabilidade e garantiu a permanência do Enderson Moreira, mesmo com a quase totalidade da torcida pedindo sua demissão diante dos resultados terríveis na Sul-Americana, Copa do Nordeste e Campeonato Baiano.

“Falamos tudo com eles, a forma que encaramos o planejamento do clube. Não temos um culpado específico. Seria simplista eleger uma única pessoa. As cobranças têm acontecido. Não tenho perfil de me esconder. Sempre dou entrevista quando os resultados não são satisfatórios. Ontem, especificamente, eu não dei entrevista porque estava conversando com o Enderson sobre todo esse processo. O Bahia tem procurado responder diferente do futebol brasileiro nos momentos de crise. Mas a gente tem que olhar o porquê os problemas estão acontecendo. Não tenho dúvida que a decisão da permanência dele é minha responsabilidade. A gente entende que existe um caminho para que os resultados venham.”

Ouça o áudio completo abaixo:



 

 

 

 

Deixe seu comentário

6 Comentário

  1. Pessoal, se o time se unir, com certeza teremos melhores resultados. Fala coletividade e colaboração em campo. Futebol é um esporte coletivo. Tocar para o companheiro melhor colocado fazer o gol é um exemplo, correr para cobrir o companheiro é outro, marcar coletivamente sem a bola, fazer triangulações, virar o jogo quando um lado do campo está congestionado, em fim, se o grupo se fechar e conversarem entre si, verão que o problema é falta de comunicação e troca entre os jogadores e comissão. Juntos e unidos, com entrega e dedicação esse grupo pode virar o jogo! Como torcedor eu acredito!

  2. Publicado zero, todos sócios deixem de pagar até esses técnico sair, e esse presidente que não entendi nada de futebol, entender que o clube é da torcida.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*