E.C Vitória, um clube viciado na parte baixa da tabela.

Em números aproximados e sem compromisso com a exatidão, é possível acreditar que o Esporte Clube Vitória tem UMAS 50 rodadas sofrendo

O Esporte Clube Bahia se despede dos seus torcedores no próximo Domingo, (26) no último jogo no ano na Arena Fonte Nova, depois desta, somente um pouco além do meado do mês de janeiro no próximo ano quando terá o reencontro com seus torcedores. Já a última partida da temporada acontecerá em São Paulo enfrentando do time que carrega o mesmo nome. Dependendo os resultados dos adversários, ainda sonhando com uma vaga difícil para a Copa Libertadores.

A Chapecoense, o adversário deste Domingo é um exemplo de perseverança no Brasileiro da Série A. Mesmo fora da lista dos renomados e sem ser um dos afamados do futebol nacional e mesmo sediado em numa cidade de pouco além de 200 mil habitantes, sendo a 7ª maior economia de SC, o time completou cinco anos na elite do futebol nacional este ano, e ai entra o interessante: sem produzir o tradicionalíssimo sofrimento, angustia, aflições e anseios.

Para entender, basta observar a miséria que fez o Esporte Clube Vitória como seus torcedores já por dois anos consecutivos, com raras pausas e sem nenhuma trégua. Só fumo entrando e mão na cabeça chamando por mamãe e o presidente de número 2 prometendo atropelar com a carroça, uma imagem bem representativa do atual time rubro-negro.

Em números aproximados e sem compromisso com a exatidão, é possível acreditar que o Esporte Clube Vitória tem UMAS 50 rodadas ou dentro da zona de rebaixamento, ou exercendo como zelo e dedicação a função de porteiro do G4, isto considerando os dois últimos anos que foram de puro sofrimento e falta de VERGONHA. Essa é a grande questão. O que tem a Chapecoense e o Esporte Clube Vitória não? Seriam as galinhas congeladas?

Voltando ao que importa. A Chapecoense defende contra o Bahia uma marca importante obtida na 36ª rodada da Série A do Brasileiro. Ao empatar em 1 a 1 com o Atlético-GO, o time chegou a oito jogos sem perder e repete a marca de 2015, que é a melhor da sua história. Com isso a Chape tem a quarta melhor seqüência da competição, empatada com o Cruzeiro. No entanto, tem a chance de superar esse número no próximo domingo (26) caso não seja derrotado pelo Bahia

No Brasileiro deste ano apenas três equipes superaram essa marca: Corinthians, Santos e Vasco. O Corinthians ficou as 19 primeiras rodadas sem perder, a derrota veio apenas na 20ª, diante do Vitória. Os Santistas, por sua vez, passaram 13 jogos sem saber o gostinho de uma derrota. Já o Vasco teve 11 jogos como sua melhor seqüência sem revés.

A Chape cresceu na reta final da competição. Na 28ª rodada a Chape sofreu revés dentro de casa – 1 a 0 para o Flamengo – e ficou na 16ª colocação na tabela. A partir daí nada de derrotas, são quatro vitórias e quatro empates no momento decisivo do campeonato. Com essa arrancada o Verdão garantiu permanência na Série A de 2018.

Deixe seu comentário

2 Comentário

  1. Nice post. I learn one thing more challenging on totally different blogs everyday. It’ll at all times be stimulating to learn content from different writers and apply a little one thing from their store. I’d want to make use of some with the content on my blog whether or not you don’t mind. Natually I’ll provide you with a link in your web blog. Thanks for sharing.

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. Hostinga cena
  2. 퍼스트카지노
  3. Click This Link

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*