CSA vence o Vitória da Conquista nos acréscimos do jogo

Após ser derrotado hoje à tarde pelo o Santa Cruz, por 2 x 1, restou ao Bahia e sua torcida, fazer figa e botar fé para que o Vitória da Conquista, que enfrentou o CSA, às 20h30, no Estádio Rei Pelé, pelo fechamento da 5ª rodada, arrancasse qualquer ponto do time alagoano que, por sua vez, é o líder e a surpresa do grupo B da Copa do Nordeste e jogava por um triunfo simples, para obter a classificação antecipada, no entanto, o triunfo ou empate neste jogo, recolocaria o Bahia na briga por uma das vagas, justamente em uma decisão com o própria CSA, na próxima quarta-feira , dentro de casa. 

E dentro dos caprichos e imprevisibilidade que norteia o futebol de tempos em tempos, o Vitória da Conquista empatava o jogo até aos 49 minutos do segundo tempo, quando levou o gol da virada e acabou perdendo por 2 x 1, jogando um barril de 50 litros de água gelada nas pretensões do Esporte Clube Bahia que, na próxima rodada, voltará a depender dos esforços e empenho do Vitória da Conquista, para obter a classificação, já que por si só o Bahia não se classifica. 

Com o resultado, o CSA é o primeiro classificado do Grupo B, com 11 pontos. O Bahia agora precisa vencer o CSA na próxima quarta-feira e, no mesmo dia e horário, torcer para que o Vitória da Conquista vença ou empate com o Santa Cruz. 

Carlinhos abriu o placar para o Vitória da Conquista aos 18 minutos do segundo tempo. Roberto Dias, de falta, empatou para o CSA aos 30 minutos e aos 49 minutos, Clementino marcou o gol da virada e que deu a classificação ao time alagoano.


Veja os gols da partida

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*