Os cálculos para o pentacampeonato do Vitória

O jornalista Raphael Carneiro, da Tribuna da Bahia, nesta terça-feira, trás um tema e os números de algo que estamos cansados de saber, porém, é sempre bom lembrar: a supremacia rubro-negra, quando o assunto é o torneio patrocinado pela Federação Bahiana de Futebol. E já avisa que, para conquistar o titulo inédito de pentacampeão Baiano em 2011, o Leão não precisa vencer mais ninguém, basta empatar os jogos restantes e levantar a taça!

O Vitória caminha para manter a tradição no Campeonato Baiano. Desde 2002, o rubro-negro sempre foi para as finais com a vantagem de jogar por dois resultados com saldo de gols igual e fazendo a última partida no Barradão. Foram sete finais e seis títulos.

De 2002 para cá, apenas em duas oportunidades o Baiano não teve finais. Em 2007 e 2008, o campeão foi decidido em um quadrangular.

No primeiro ano, o rubro-negro fez a melhor campanha durante toda a competição. O ano seguinte foi o único da década em que o Vitória não teve a melhor campanha. No geral, o rubro-negro ficou com oito pontos a menos que o Bahia. Na fase final, levou a taça por conta do número de gols marcados.

No restante da década, o domínio do Vitória foi claro. Levar a sério o Baiano fez com que o rubro-negro conquistasse os títulos de 2005 e 2010 (ambas contra o Bahia) com base no regulamento. Em 2005, empatou os dois jogos (2 a 2 e 0 a 0). No ano passado, venceu a primeira partida por 1 a 0 e perdeu o jogo de volta por 2 a 1.

Nesse período, a única vez que o Vitória não soube aproveitar a vantagem foi em 2006. Com o campeonato dividido em dois turnos, o rubro-negro foi derrotado, em ambos, pelo Colo-Colo de Ilhéus, mesmo com a partida de volta sendo realizada no Barradão.

Para manter a hegemonia e conquistar o inédito pentacampeonato, basta ao time do técnico Antônio Lopes empatar os jogos que restam nesta segunda fase. “O objetivo dentro dessa fase era garantir a classificação para a semifinal. Nós atingimos. Agora nós queremos o primeiro lugar”, disse o treinador.

Com estes dois empates, o Vitória terminaria a segunda fase na liderança do Grupo 4, jogaria as semifinais por dois resultados iguais e, caso conseguisse, iria para a decisão do Campeonato Baiano com o regulamento debaixo do braço. Ou seja, para conquistar o sonhado pentacampeonato baiano, o rubro-negro só precisa empatar as seis partidas restantes pela competição.

Deixe seu comentário

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. 오피쓰
  2. i99 casino
  3. w88th

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*