FBF reconhece erros de árbitros

Em virtude das pesadas críticas a seus árbitros pelas atuações no Campeonato Baiano 2011, a Federação Bahiana de Futebol (FBF) divulgou nota em seu site oficial, assinada pelo presidente Ednaldo Rodrigues e o vice Manfredo Lessa, se defendendo das acusações de torcedores, imprensa, dirigentes e, principalmente, do presidente do Conselho Fiscal do Vitória, Nilton Sampaio. Cobrando posicionamento mais enérgico do presidente Alexi Portela, Sampaio lançou nota no site oficial rubro-negro levantando suspeitas sobre um possível favorecimento da arbitragem ao rival Bahia. Na sua nota, a FBF reconhece os equívocos dos árbitros baianos, avisa que o futebol baiano é dirigido “sem olhar a quem” e que não aceita nengum tipo de ofensa. As informações são do Ibahia.

Confira o texto na íntegra:

“A FEDERAÇÃO BAHIANA DE FUTEBOL, na qualidade de responsável pela realização e organização do Campeonato Baiano de Futebol, ciente das manifestações de filiados, notadamente do Sr. Presidente do Conselho Fiscal do ESPORTE CLUBE VITÓRIA bem como de diversos torcedores e da imprensa em geral, destaca que respeita as citadas manifestações, já tendo adotado as providências que lhe competem e dentro do seu limite de atuação, analisando a situação com a necessária frieza e imparcialidade. A FBF reconhece que alguns árbitros têm cometido equívocos, porém, não de forma intencional, sobretudo para beneficiar qualquer equipe, haja vista que algumas favorecidas, também foram prejudicadas em oportunidades distintas.

A entidade repudia os equívocos e adota todas as medidas possíveis para evitá-los, inexistindo, todavia, tratamento diferenciado dispensado pela FBF, que dirige o futebol do nosso estado “sem olhar a quem” e sem qualquer tipo de preferência ou favoritismo, ao contrário da suspeita levantada pelo Ilustre Conselheiro do ESPORTE CLUBE VITÓRIA. É importante lembrar, como já ressaltado em oportunidades pretéritas, que a FBF é uma das poucas federações que realizam a denominada “pré-temporada dos árbitros”, na qual são realizados exames médicos cardiológicos e oftalmológicos, testes físicos de acordo com os parâmetros internacionais, além de serem ministrados cursos e palestras diversas, tudo visando o aprimoramento dos árbitros, tanto do ponto de vista prático quanto teórico.

Lembramos que a FBF e a Federação Paulista foram pioneiras no uso do ponto eletrônico durante os jogos, facilitando a comunicação não só entre o árbitro central e seus assistentes, mas também com o quarto árbitro, demonstrando que, além da preocupação de natureza técnica e com a preparação física, a FBF faz uso da tecnologia a fim de dar aos árbitros totais condições de trabalho. Nesta mesma retórica, a FBF vem sendo avaliada pela Comissão Nacional de Arbitragem como a que mais investe em arbitragem, atrás apenas das Federações PAULISTA, CARIOCA E GAUCHA que possuem escolas de árbitros próprias. Eventuais equívocos sempre serão cometidos pelos árbitros de futebol e a FEDERAÇÃO BAHIANA DE FUTEBOL, como visto, faz de tudo para evitá-los, e, inclusive, quando ocorrem não os deixa passar em branco.

Por fim, entendemos as preocupações dos clubes, dos torcedores e da imprensa, ressalvando, contudo, que a entidade não aceita o retorno da nefasta prática do veto, por entender que a mesma depõe contra o progresso e contra os níveis de profissionalismo já alcançados pelo futebol, não só na Bahia, mas em todo o mundo, não aceitando também qualquer tipo de suspeita ou ofensa.”

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. ศัลยกรรมเกาหลี

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*