“O mundo é dos espertos”

“O mundo é dos espertos”, alguém já dizia. O problema é quando “o outro” é mais esperto – cá para a gente. Hobbes definia a natureza humana como uma arma em franca hostilidade que, caso não abrandada por um onipotente poder, traria a guerra de todos contra todos. A sociedade humana então seria impossível em termos de civilização sem um poder cuja natureza poderia variar entre o poder sobrenatural, o carismático e o racionalmente eleito.

Hoje, assistimos a uma briga no futebol cuja natureza está diretamente ligada a essa natureza egoísta e golpista do ser-humano. A nossa Constituição, vale lembrar, deu autonomia aos desportos, art 217, I, da Constituição que resguarada a ” autonomia das entidades desportivas dirigentes e associações quanto à sua organização e funcionamento”. Assim, impassíveis, assistimos os casos de flagrantes desrespeitos aos cidadãos sob o manto sagrado da “autonomia desportiva”.

No futebol brasileiro, apesar dos regulamentos preverem só um Campeão, proclamam-se dois campeões, dirigentes aproveitam-se dos apelos do futebol para proclamarem um “vale tudo” fazendo do futebol uma grande vitrine de como não se deve gerir um esporte, como também fazem do desporto algo acima da lei. Vejam o casuísmo da CBF ao proclamar o Flamengo como campeão do brasileiro de 1987!

A graça do título de campeão brasileiro de 1987 ao Flamengo é obra digna de um aristocrata bufão do século 18 que concedia honras aos seus fiéis apadrinhados. E não é por causa do sorriso da Presidente do rubro-negro carioca, é dinheiro que a CBF, o Corinthians e agora o Flamengo, se aproximando da vênus platinada carioca, negociam seus direitos de transmissão em detrimentos dos clubes que possuem um poder de barganha menor.

O Clube dos Treze, agora, agindo de acordo com a regulamentação do CADE, Conselho de Administração dos Direitos Econômicos, quebrou o monopólio da Rede Globo. Globo que tem a CBF como grande amiga, que por sua vez tentava ganhar a presidência dos Clube dos Treze através de Sérgio Leite. Como perderam a disputa para Fábio Koff, tentam agora através de um golpe sórdido atrapalhar o que seria um dos melhores negócios para todos os clubes, até mesmo para Corinthians e Flamengo.

Por que então estes cidadãos ocasionalmente presidentes do Corinthians e Flamengo querem melar a licitação promovida pelo clube dos treze? Isso, Sanches e Patrícia, poderiam mostrar qubrando o sigilo de suas contas bancárias pessoais.

Deixe seu comentário

4 Trackbacks / Pingbacks

  1. Overnight shipping 99.9% Pure Ephedrine Hcl Crystal Powder For Sale
  2. istanbul escort
  3. Google
  4. 카지노사이트

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*