Bahia vence o Fortaleza e encosta no G-4

Vander do BahiaDesta vez o Bahia não deu mole, jogando pelo Campeonato do Nordeste, nesta terça-feira, pela décima segunda rodada da competição, o time hoje comandado por Renato Gaúcho, venceu o Fortaleza, por 1 x 0, no estádio de Pituaçu, gol assinalado por Vander, aos 3 minutos do segundo tempo e manteve as esperanças de classificação. Com este resultado, o clube amplia para cinco o número de vitórias consecutivas nesta competição, e no embalo encosta definitivamente no G4.


Com a vitória o clube agora soma 17 pontos, e salta para 5º lugar, com os mesmos números de pontos do Vitória, porém perdendo pelo saldo de gols. O tricolor de aço volta a campo pela competição, no próximo dia 18 de agosto, para enfrentar o Fluminense de Feira, ás 20h00, no estádio Jóia da Princesa. 1918 tricolores estiveram prestigiando a quinta vitória tricolor no Campeonato do Nordeste. (público pagante) Confira em instante, maiores detalhes da partida e logo após, o vídeo com o gol da partida.

Confira todos detalhes do jogo em materia do Bahia Noticias

Em uma partida que tirou o torcedor do sério nas arquibancadas de Pituaçu pelo baixo nível técnico, o Bahia venceu o Fortaleza por 1×0, gol de Vander, na noite desta terça-feira (3), e subiu para a 5º colocação, com 17 pontos em 11 jogos. Foi o quinto triunfo seguido do tricolor no Campeonato do Nordeste. O primeiro tempo começou tedioso e com muitos erros de passe. Lances de perigo eram raros. Contudo, os cearenses assustaram. Aos 15, André Leonel colocou a bola entre as pernas de Diego Santos dentro da área e soltou a bomba, que explodiu no travessão. O tricolor só criou sua primeira chance aos 25. Bruno Octávio organizou pelo meio e lançou Diego Corrêa na ponta esquerda. O lateral cruzou, Adriano antecipou, cabeceou com estilo, para baixo, mas a bola bateu forte no chão e encobriu o travessão. Aos 30, cruzamento da direita na área e André Leonel deu uma cotovelada na cabeça de Renê Santos. O árbitro, encoberto, nada marcou. Aos 38, Vander passou por dois e cruzou fraquinho. Em câmera lenta, Douglas tentou encaixar e deixou passar. Por pouco Adriano não chegou e guardou. A zaga cortou antes. Aos 44, “Michael Jackson” invadiu a área e, na hora do chute, foi tocado por trás pelo zagueiro Gaúcho e caiu. A torcida pediu pênalti, mas Cláudio Francisco Lima e Silva nada marcou.

No segundo tempo a história foi diferente. Logo aos 3, o Bahia abriu o marcador. Adriano cruzou da direita, Douglas cortou mal, a bola sobrou para Vander, que dominou, ajeitou, e chutou cruzado, rasteiro, no canto direito do goleiro. Aos 8, Renato Gaúcho tirou o inoperante Dênis e colocou Bebeto. Irritado, o jogador tirou a camisa e jogou no chão, para revolta da torcida. Aos 13, Adriano arrancou pela direita, deu um drible da vaca no zagueiro, mas, na hora de rolar para Jael completamente livre, tocou devagar demais e César Gaúcho salvou a tempo. Os treinadores começaram a fazer as substituições e o ritmo caiu. Felipe, machucado, e Adriano, cansado, pediram para sair. Roberto e Aleilson, respectivamente, entraram. Pouca coisa acontecia e a partida seguiu morna. Aos 36, um lance de inspiração. Aleilson recebeu de costas para Gaúcho, deu um chapéu, botou na frente e, da entrada da pequena área, chutou torto para fora. Aos 45, quase sai o segundo. Contra-Ataque fulminante do Bahia. Bebeto arrancou sem ser incomodado antes da linha do meio de campo, invadiu, mas, com o goleiro batido, se atrapalhou todo e perdeu. Jael, livre do outro lado, ficou desesperado. Foi a “chave de ouro” para finalizar a partida. O Bahia volta a campo no Nordestão no dia 18, contra o Fluminense, em Feira de Santa.

Ficha técnica de Bahia 1 x 0 Fortaleza

Campeonato do Nordeste – 12º rodada
Bahia 1×0 Fortaleza
Data – 03/08/2010
Horário – 21 horas
Estádio – Roberto Santos (Pituaçu)
Local – Salvador-BA
Público – 2.918
Renda – R$ 30.640,00
Árbitro – Cláudio Francisco Lima e Silva (SE)
Auxiliares – Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e João Carlos de Jesus Santos (SE)
Bahia – Renê; Dênis (Bebeto), Renê Santos, Diego Santos e Diego Corrêa; Marcone, Bruno Octávio, Vander e Felipe (Roberto); Adriano (Aleilson) e Jael. Técnico: Renato Gaúcho
Fortaleza – Douglas, Peter, Gaúcho, César Gaúcho e Jeff Silva; Marcus Vinícius, Cléber Goiano (Régis), Éder (Reginaldo) e Paulo Isidoro; André Leonel e Tatu (Rinaldo). Técnico: Zé Teodoro.
Gol – Vander
Cartões amarelos – Peter, Reginaldo

Deixe seu comentário

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. 놀이터추천
  2. 카지노사이트
  3. เงิน ด่วน ทํา สัญญา ถึง บ้าน

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*