Atraso das obras de Pituaçu pode adiar planos do Vitória

A indefinição do prazo de entrega do Estádio de Pituaçu angustia, incomoda e adia o sonho do torcedor tricolor em ver o Bahia novamente em Salvador. Mas em menor grau respinga até no rival Vitória

O rubro-negro arquiteta reformar o Barradão na virada do ano e planeja jogar na praça estadual enquanto o lar estiver em obras. “Nós estamos atrás de recurso. Com este negócio de Pituaçu, pode ser que atrase um pouco” admitiu o presidente do EC Vitória, Alexi Portela Júnior, que se nega a falar em valores.

O orçamento inicial era de R$ 4 milhões e o acerto com a Petrobrás, é dado como certo para 2009. “Mas tem outros também. Além da Petrobras, tem outras fontes. Prefiro só falar quanto tiver fechado, para não ter especulação”

A idéia é aumentar o prédio administrativo e a capacidade do estádio de 35 mil para 40 mil lugares, aproveitando o espaço onde hoje ficam plantações de eucalipto para estender as arquibancadas e uni-las ao prédio da administração Os eucaliptos seriam recolocados em outra parte do terreno.

A diretoria também não decidiu ainda se o gramado vai ser trocado ou passará apenas por manutenção. O administrador do estádio, Haroldo Tavares, afirma que o ideal é a troca, e com inicio já em 1º de dezembro, um dia após o último jogo do Vitória em casa, contra o Palmeira. Mas o fator grana pesa. A manutenção sai por cerca de R$40 mil; a troca, em torno de R$130.00 mil, mas do que o clube gasta por ano para cuidar dos 4 campos da toca.

Perguntado se o Vitória tem verbas para iniciar as obras em dezembro, o presidente afirmou que não. “Tem recursos para começar em janeiro. Mas antes do prédio (administração) eu queria mexer nas cabines de rádios. E ali eu não vou poder mexer também, porque eu não posso ficar sem rádio para transmitir” respondeu, em alusão ao atraso no estádio Roberto Santos. Informações do Correio desta quinta-feira

Autor(a)

Dalmo Carrera

Fundador e administrador do Futebol Bahiano. Contato: dalmocarrera@live.com

Deixe seu comentário