Osvaldo vê CSA com ‘totais condições’ de vencer o Bahia na Fonte Nova

Aos 35 anos, atacante tem várias passagens no futebol nacional, como, por exemplo, no São Paulo, e já entrou em campo 32 vezes neste ano

Foto: Reprodução/Youtube da TV/CSA

O elenco do CSA tem vários jogadores com experiência nas mais diversas séries do Campeonato Brasileiro. Um deles é o atacante Osvaldo, ex-São Paulo. Em entrevista coletiva cedida na última quinta-feira (04), o ponta de lança avaliou que o desempenho do time no jogo, marcado para este sábado (06), na Arena Fonte Nova, pode inflamar a torcida tricolor.

 

“É um jogo difícil, estádio vai estar cheio. Da mesma forma que a torcida vai estar a favor, ao mesmo tempo pode se voltar contra. A gente sabe como é o futebol, o CSA tem que entrar focado, fazer o seu trabalho. Sabemos da dificuldade que é enfrentar o Bahia, uma grande equipe, mas a gente tem condições totais de chegar lá e conquistar uma grande vitória”, explicou o atleta, de 35 anos.

Em 32 jogos pelo Azulão do Mutange, Osvaldo marcou dois gols e deu duas assistência até o momento. Na coletiva desta quinta, o atacante Osvaldo, do CSA, respondeu algumas perguntas sobre o momento do time e também a respeito do próximo confronto, contra o Bahia. O mais recente deles aconteceu no triunfo sobre o Vila Nova, por 2 a 1, pela 18ª rodada da Segundona.

De acordo com ele, o grupo acredita no trabalho do técnico Alberto Valentim. O treinador quase perdeu o cargo após a derrota para o Ituano, no último sábado (30).

“A gente acredita muito no que tá sendo feito aqui no dia a dia, com o professor Valentim, e confia muito que vai conquistar essa vitória. A gente precisa de uma vitória assim pra nos dar ainda mais confiança pra seguir firme”, afirmou o atacante.

O CSA está na 17ª posição, com 20 pontos somados. Até então, a equipe alagoana venceu três jogos, empatou 11 e perdeu sete. Acima de tudo, o aproveitamento na competição é de 31,7%.

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Grêmio vence o Guarani e dorme na vice-liderança da Série B

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*